Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

16 de outubro de 2020

Bijoux muda tudo

 | Jornal Acontece

O acessório sempre da o “tchan” no visual.  Desde os mais discretos aos extravagantes, ele faz toda diferença. Os acessórios são formas de expressão desde o início da humanidade. Em cada momento da história do ser humano é possível achar referências de joias e adornos, que simbolizaram principalmente status social durante muito tempo.

Tudo começou com adornos e joias

Na pré história os acessórios eram feitos com dentes de animais, sementes e ossos. No Egito eram joias feitas de materiais nobres como: pedras preciosas, ouro, prata e cobre e representavam poder e riqueza dentre as comunidades. Na cultura africana há uma forte relação com os acessórios. Eram joias de cores fortes e volumosas usadas como símbolo de poder, misticismo, proteção e também caracterizar as diferentes tribos desse vasto continente. Os indígenas também esbanjavam ouro nos seus adornos. Para eles o ouro era místico pois tinha a cor do sol. Na Grécia, assim como no Egito, esbanjavam-se ouro para confecção de seus adornos, porém com designs geométricos e desenhos mitológicos gregos.  Já na Roma Antiga os acessórios tinham inspiração e influencias gregas, mas com materiais menos nobres devido as constantes batalhas. Na Idade Média a Igreja tinha poder ilimitado e os ourives combinavam formas de arabescos em filigrana de ouro, diamantes, esmeraldas, pérolas, rubis, safiras, turquesas e topázios. As joias definiam qual era o seu status social e religioso. Nas Américas, como o acesso aos metais nobres eram apenas para uma elite social, a produção dos acessórios eram feitos de um mix de diversos materiais (como se tem ainda hoje. Eu particularmente adoro!)

Ela Popularizou a Bijuteria

A revolucionária e fora da caixa Coco Chanel popularizou o uso dos acessórios trazendo a bijuteria a um patamar de destaque. Onde o chique era usar apenas joias, a estilista e feminista da moda lança, em 1924, a coleção Bijouterie Fantaisie. As peças tinham designs especiais, mas feitas com materiais não preciosos, o que reduziu seu custo e fez com que mais mulheres pudessem se enfeitar numa época onde as joias eram um símbolo máximo de status. Vale dizer que em francês bijoux significa joia. Então podemos concluir que bijouterie fantaisie significa “joias fantasias” ou seja, bijuteria. A partir daí podemos também dizer que se popularizou as bolsas, cintos, óculos e demais acessórios que temos atualmente.

As 5 principais tendência de bijuterias para o verão 2021

Nesse verão vai ser um mix de opções e tendências. A indústria da moda aposta nos metais, mistura de materiais e peças assimétricas.

  1. Correntes – O destaque da estação serão as correntes grandes. Use e abuse de colares, brincos, pulseiras onde o design serão os elos grandes. O dourado será a cor predominante, mas você também encontra em diversas cores e materiais.

  • Pérolas imperfeitas – As pérolas chegam em formatos diferentes dos modelos clássicos que conhecemos. Elas vem desiguais e desenhadas de formas “imperfeitas” reproduzindo como elas verdadeiramente nascem em sua maioria.

  • Pedras Naturais – Pedras estão em alta principalmente nos brincos. Elas virão em tamanhos diferente para cada orelhas. Ou seja, de um lado brinco grande e do outro lado com formato complementar, mas de tamanho diferente. Já os colares terão grandes pedras naturais de diferentes cores e formatos.

 

  • Flores e animais – Voltaram pingentes e anéis com design de animais e em formatos de flores. Principalmente em peças metalizadas.

  • Modelo geométricos – Uma pegada mais minimalista também é tendência nesse verão. Modelos de brinco colares e pulseiras em formas geométrica promete vir com tudo. Inclusive os brincos em círculos em diferente formatos e tamanhos (as famosas argolas) e também de bolas como se fosse um pêndulo.

Posso dizer que teremos bijuterias para todos os gostos e estilos. Mas é claro que são apenas inspirações para você saber o que usar no calor 2021. Mas nunca se esqueça de colocar seu toque final e deixar sua marca sempre que comporto o seu look.

Gostaram das dicas? Entre em contato e diga qual o tema que eu devo escrever da próxima vez. Também vai lá no meu Instagram visitar e me seguir no @valeriaguimaraes_consultoria.

Valéria Guimarães – Consultora de Imagem Pessoal

 

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

16 de outubro de 2020

Vândalos derrubam muro de Clube em Cubatão

Leia mais

16 de outubro de 2020

Cartório Eleitoral altera locais de votação em Cubatão

Leia mais

16 de outubro de 2020

Mudança na CLT propõe mesma regra do presencial para home office

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC