PIONEIROS DA UNIDADE LUSO BRASILEIRA, EM CUBATÃO, SÃO LEMBRADOS NAS HOMENAGENS AO DIA DE PORTUGAL


Comemorações foram realizadas na manhã desta sexta-feira (9), na Praça Portugal

Pioneiros dos atos de congraçamento entre as comunidades brasileira e portuguesa de Cubatão foram lembrados na manhã desta sexta-feira (9), durante a solenidade comemorativa do Dia de Portugal, de Camões e da Comunidade Luso Brasileira.

O empresário Antonio Duarte, o jornalista Manuel Alves Fernandes, presentes ao evento, e Mário Jorge, já falecido, obtiveram citações especiais nos discursos. Há três décadas, eles formaram uma comissão cujo trabalho resultou na oficialização da Praça Portugal; na criação do monumento ao poeta Luiz Vaz de Camões e início das agora tradicionais comemorações alusivas ao Dia de Portugal. Essa comissão foi o embrião da Associação Luso Brasileira de Cubatão (Alubrac), fundada há 11 anos.

O prefeito Ademário de Oliveira citou-os em seu discurso e, na oportunidade, autorizou que sejam iniciadas as gestões visando à construção, na Praça Portugal, da sede da  Alubrac.

Essa antiga aspiração dos luso-brasileiros cubatenses foi reivindicada pela presidente da entidade, Patrícia Campinas, no discurso de abertura do evento. O prefeito se comprometeu a dispor de espaço na praça, obedecendo à legislação, e sugeriu que sejam buscados recursos junto à iniciativa privada para a construção do prédio.

Pela Câmara Municipal falou o vereador Ricardo Queixão, que também saudou a comunidade luso brasileira pela data.

Música e dança - A solenidade começou com deposição de flores no monumento a Camões, seguida de hasteamento das bandeiras do Brasil, pelo prefeito Ademário de Oliveira; de Portugal, por Antonio Ferreira Duarte; de São Paulo, por Armando Campinas, conselheiro da Alubrac; de Cubatão, por Manoel Deodoro de Oliveira Chagas (conselheiro da Alubrac) e de Aveiro, cidade portuguesa irmã de Cubatão, por Patrícia Campinas.

O Coral da Terceira Idade Raízes da Serra, regido por Sandra Diogo Moço e acompanhado pela pianista Ruth Menezes, interpretou músicas do cancioneiro português. Integrantes do grupo fizeram, ainda, uma apresentação de dança folclórica, seguindo coreografia idealizada pela professora de expressão corporal Suely Diogo. O Corpo Coreográfico Oficial de Cubatão também participou do evento.

Ler Jornal

Publicidade

Emprego

Serviços


Praias Estradas