Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

17 de agosto de 2020

São Paulo sofre com queda de arrecadação de ICMS

 | Jornal Acontece

O secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, participou de audiência pública na comissão mista da reforma tributária e defendeu a simplificação do sistema de arrecadação de impostos

Os estados brasileiros perderam, em média, 18% da arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no segundo trimestre de 2020, na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda (Comsefaz). São Paulo, por exemplo, foi o estado que apresentou a segunda maior queda de arrecadação no recorte, deixando de receber 19% do tributo.

A situação das Unidades da Federação foi debatida, inclusive, na comissão mista da reforma tributária instalada no Congresso Nacional. Nesta semana, o colegiado recebeu o presidente do Comsefaz, Rafael Fonteles. Ele acredita que estabelecer as mudanças necessárias é uma tarefa difícil, mas ressalta que as discussões não podem deixar de considerar a relevância que o ICMS representa para os estados.

“Nos concentramos na tributação sobre o consumo, que é a principal expertise dos estados, dado que o ICMS é o principal tributo sobre consumo do País, de maior arrecadação, de maior importância, e ele é de competência dos estados”, ressalta Fonteles. “Não achamos que seja possível melhorar, de fato, o sistema tributário se não se envolverem todos os tributos sobre consumo de uma só vez.”

Fonte: Brasil 61

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

17 de agosto de 2020

Vândalos derrubam muro de Clube em Cubatão

Leia mais

17 de agosto de 2020

Cartório Eleitoral altera locais de votação em Cubatão

Leia mais

17 de agosto de 2020

Mudança na CLT propõe mesma regra do presencial para home office

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC