Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

25 de outubro de 2021

Economia Criativa é tema de estudo pelos alunos de escola internacional italiana

 | Jornal Acontece

São Paulo, SP 25/10/2021 – Economia criativa e a procura por maior sustentabilidade são pilares da nova economia para uma sociedade mais diversificada, justa e sustentável

O ano de 2021 foi declarado o Ano Internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), em consulta com a UNESCO  e com outras agências das Nações Unidas. A Scuola Internacional Italiana Eugenio Montale, que é membro das escolas associadas da UNESCO, está trabalhando o tema com os alunos do II e III Liceo (1º e 2º ano do Ensino Médio) e, em parceira com o Istituto Europeo di Design (IED) Brasil, convidou o professor e especialista em design e sustentabilidade, Christian Ullmann, para ministrar uma palestra on-line sobre Economia Criativa. “É muito bom poder compartilhar uma aula com professores e alunos do ll e lll Liceo. É gratificante ver, escutar e confirmar que essas turmas da Montale já estão discutindo e trabalhando os temas que dediquei 30 anos de pesquisa e estudo. Atualmente, ministro aulas sobre esse tema para todas as idades, e economia criativa e a procura por maior sustentabilidade são pilares da nova economia para uma sociedade mais diversificada, justa e sustentável”, revela Christian Ullmann.

No evento, Ullman abordou que a economia criativa é um conceito contemporâneo que procura novas formas de produção de riquezas a partir de valores culturais, sociais e materiais como sustentabilidade, inovação e criatividade. “O futuro apresenta grandes desafios, tais como encontrar um significado para o trabalho, inventar algo que faça algum sentido para a sociedade ou criar um modelo de negócio que impacte positivamente o cotidiano das cidades. Os desafios são grandes, os problemas e oportunidades também. Os jovens do Liceo (Ensino Médio) estão sendo questionados e estimulados a reagir e colaborar na cocriação de novos cenários”, complementa.

Para a professora de economia, Amanda Visani, que supervisiona o projeto Economia Circular dos alunos do II e III Liceo, a abordagem principal desse projeto são os desafios da economia criativa, tema destaque na palestra do professor Christian Ullmann. “A palestra contribuiu significativamente para todos os alunos, que aprenderam sobre o processo criativo para o desenvolvimento de um produto ou serviço que solucione algum problema, nesse caso, problemas mundiais que a sociedade enfrenta para colocar em prática a Economia Circular como, entre outras coisas, a reciclagem e o consumo consciente”, conclui.

A Eugenio Montale é a Escola Internacional Italiana reconhecida como paritária pelo Governo Italiano, o que possibilita a obtenção de um diploma válido em toda Europa, além do diploma brasileiro. Conta com gestão participativa, tal qual se deu em sua criação. Trata-se de uma associação sem fins lucrativos, regida por Sócios Beneméritos e por sócios Contribuintes (responsáveis financeiros dos alunos), que integram um Comitê de Gerenciamento de forma paritária. Promove um ambiente multicultural e diversificado em conformidade com as exigências atuais de uma escola internacional. Sua proposta é de oferecer uma alternativa às escolas já existentes em São Paulo, com ênfase no currículo italiano aliado ao brasileiro. Seu foco é a formação de alunos com uma visão ampla, inovadora e internacional.

Website: http://www.montale.com.br

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

25 de outubro de 2021

Em 24 horas, evento gratuito sobre lean terá 100 palestrantes de 32 países

Leia mais

25 de outubro de 2021

Como revisar financiamentos imobiliários

Leia mais

25 de outubro de 2021

Gartner: fornecedores de TI devem investir mais em IA nos próximos anos

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.