Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

21 de dezembro de 2021

Empresas investem na saúde mental dos funcionários para lidar com a pandemia

 | Jornal Acontece

São Paulo, SP 21/12/2021 – A empresa que não investiu em seu time durante e no pós-pandemia, certamente perdeu ou perderá ótimos profissionais nos próximos meses

Com a pandemia, além da saúde física da população, a saúde mental dos brasileiros foi impactada. Segundo pesquisa realizada pelo instituto Ipsos, 53% dos entrevistados no Brasil afirmaram que seu bem-estar mental piorou. Nas empresas, o cenário de impacto dos trabalhadores também foi grande. Um estudo promovido pela empresa de recrutamento Kenoby com quase 500 profissionais de RH pelo país, destaca que mais de 90% dos profissionais ouvidos acreditam que falta um olhar adequado das empresas sobre esse tema.

Apesar disso, muitas empresas já despertaram para o problema. Pesquisa promovida pela consultoria Aon, com mais de 800 companhias brasileiras, mostra que nos últimos dois anos cresceu de 28% para quase 60% o índice de empresas que passaram a oferecer ações como programas de gestão de saúde e qualidade de vida. Com destaque para as iniciativas voltadas à saúde mental (que fazem parte de 43,5% dos programas).

“Os negócios só acontecem graças às pessoas, e por isso buscamos um ambiente onde o acolhimento individual e o engajamento do time são ferramentas essenciais para o sucesso”, destaca Ana Barbosa diretora de RH da Usina de Vendas, empresa com foco na distribuição de produtos de mobilidade que dobrou o número de colaboradores mesmo em época de pandemia e cresceu seu faturamento em 300%, graças ao cuidado com sua equipe.

Segundo a executiva, com os programas desenvolvidos pela companhia nesse período, que contratou um consultoria de RH especializada em soluções para empresas e treinamentos, os profissionais puderam ser acolhidos, ouvidos, orientados e acompanhados de forma individual e contínua, em busca do equilíbrio emocional e da saúde mental. “Prova disso é que não tivemos nenhuma ocorrência de afastamento por motivo de saúde ao longo de todo o processo”, explica ela.

Em pleno período de lockdown, por exemplo, a empresa fez um upgrade no plano de saúde de seus funcionários para um padrão superior, com cobertura nacional e internação em quarto privativo, por exemplo. “A empresa que não investiu em seu time durante e no pós-pandemia, certamente perdeu ou perderá ótimos profissionais nos próximos meses”, completa Ana.

Website: https://www.usinadevendas.com.br/

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

21 de dezembro de 2021

Prazo para regularização é ampliado para 31 de março

Leia mais

21 de dezembro de 2021

Comece a pensar na programação de sábado. Centro Histórico é a dica

Leia mais

21 de dezembro de 2021

Confira as apresentações musicais do Estação Verão Praia até domingo

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.