Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

14 de dezembro de 2021

Especialistas dão dicas do check-up básico do veículo antes de viajar

 | Jornal Acontece

Curitiba, PR  – Uma dica é ficar de olho na instabilidade do veículo, que pode estar relacionada aos pneus carecas.

 

O final de ano chegou e muita gente já está se preparando para colocar o carro na estrada. Mas antes de partir para a viagem, é preciso ficar atento às recomendações básicas de check-up do veículo. As verificações incluem desde a troca de óleo, se necessário, até a troca de pneus, se estiverem muito gastos.

 

Essa revisão programada pode ser simples ou completa. O importante é garantir que tudo esteja em ordem antes de pegar a rodovia, evitando que um pequeno problema possa se tornar causador de acidentes ou gastos desnecessários. Em relação aos pneus, uma das perguntas comuns é sobre como saber se os pneus estão bons para viajar ou se precisam ser calibrados, por exemplo. A recomendação é para que o motorista leve regularmente o seu veículo para manutenção com profissionais capacitados.

 

É o que orienta Júnior Mengarda, gestor de contas da Delinte Pneus, marca presente em mais de 100 países. De acordo com Mengarda, esses profissionais vão verificar o desgaste dos sulcos para saber se os pneus estão em condições de uso e se precisam ser substituídos. “Uma dica é ficar de olho na instabilidade do veículo, que pode estar relacionada aos pneus carecas.

 

Cheque a profundidade dos sulcos da borracha. Com 1,5 mm já são considerados desgastes e a direção é perigosa”, alerta Júnior Mengarda, da Delinte Pneus. Além de verificar a necessidade de troca dos pneus, o gestor indica que seja revisado o alinhamento e o balanceamento “Esses são outros itens que melhoram a eficiência do rolamento e a dirigibilidade mais segura”, aponta.

 

Calibragem Ao contrário do que alguns motoristas pensam, a calibragem correta não é uma tarefa que pode ser feita rapidamente e sem cuidados. Cada fabricante tem a sua tabela de calibragem adequada para os pneus, por isso, é preciso consultar essa informação, geralmente disponível no manual do veículo, para fazer a calibragem correta e evitar desgastes desnecessários e o aumento no risco de corte.

 

“Os pneus devem estar frios para calibrar, ou seja, ter rodado no máximo 3 km, além de observar a tabela de pressão e a recomendação do fabricante do veículo. Com os pneus calibrados, é possível garantir a segurança e reduzir o consumo de combustível”, afirma Mengarda. Também é preciso verificar os estepes antes de viajar. “O estepe deve ser o melhor pneu do veículo, pois ele substituirá o pneu danificado.

 

Portanto, não esqueça de mantê-lo calibrado também”, complementa o gestor de contas da Delinte Pneus. Manter a caixa de ferramentas, o macaco hidráulico e o triângulo no porta-malas também pode garantir mais tranquilidade no caso de uma eventual troca de pneus. Itens de segurança Além dos itens relacionados aos pneus, existem outras revisões básicas que podem garantir uma viagem mais segura.

 

O extintor do carro também deve fazer parte do check-up obrigatório para segurança de motoristas e passageiros e também para evitar multas em caso de fiscalizações. A data de validade deve estar em dia e pode ser verificada no selo do Inmetro afixado no próprio cilindro. Outra atividade de manutenção simples e importante é checar o óleo do motor do automóvel que, preferencialmente, deve ser verificado com o motor quente.

 

O líquido não pode estar abaixo do nível indicado, a sua cor deve ser clara e fluida, e não preta e gelatinosa. O fluido de transmissão é o que mantém as engrenagens funcionando, verificar este item é tão simples e importante quanto checar o óleo, basta repetir o mesmo procedimento através da vareta chamada transmissão. Nesse caso, o fluido deve estar limpo e sem flocos de metal. Antes de viajar é importante verificar as condições da bateria do carro, se está carregada e limpa, sem corrosão.

 

Uma boa limpeza aumentará o fluxo de eletricidade. No caso de viagens longas, em que se passam muitas horas dentro do veículo, deve-se checar o quanto de poeira e sujeira tem o filtro de ar. Se ele ainda apresentar-se predominantemente branco, provavelmente está funcionando bem, mas se estiver preto ou marrom, é hora de substituir por um filtro novo. É possível checar, no posto de combustível, o nível da água do radiador e, se a viajem for à noite, o próprio frentista pode auxiliar na verificação das funções dos faróis, lanternas, luzes de freio, luz de ré e setas. Todas as precauções são importantes para uma viagem com mais segurança.

Website: https://www.delinte.com.br

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

14 de dezembro de 2021

TMO: paciente conta como foi o processo do diagnóstico ao transplante

Leia mais

14 de dezembro de 2021

Varejo omnicanal deve ser destaque em 2022, aponta Linx

Leia mais

14 de dezembro de 2021

Mulheres são 90% dos profissionais da WebPeak

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.