Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

08 de dezembro de 2021

Casas da primeira cidade inteligente brasileira tendem a valer o triplo em cinco

 | Jornal Acontece

São Paulo, SP 8/12/2021 – Apostar na valorização dos imóveis em cidades inteligentes é uma decisão acertada financeiramente falando” – diretor comercial da Planet Smart City

Líder global em cidades inteligentes inclusivas, a Planet Smart City oferece um modelo de moradia que vem valorizando em ritmo veloz. O grupo, com atuação no Brasil, constrói cidades pensadas para quem procura um novo conceito de morar, baseado nos pilares: planejamento urbano, tecnologia, sustentabilidade, serviços e pessoas.

Essa combinação faz com que a valorização aconteça a curto prazo, pois entre os fatores que impulsionam a busca por imóveis, hoje, alguns dos mais expressivos são uma boa infraestrutura e serviços. “As pessoas querem estar perto do trabalho, da escola dos filhos, da área de lazer, mas nos grandes centros está cada vez mais difícil”, diz Edson Barbosa, diretor comercial da Planet.

O surgimento de uma nova avenida, parque ou centro de lazer no entorno do imóvel, por exemplo, faz com que os preços da região aumentem, mas apenas a localização já não é suficiente. “A valorização, nesses casos, se dá por escassez, pois há poucos espaços livres na área urbana. Já as smart cities nascem com a proposta de oferecer esses benefícios: as ruas foram projetadas mais largas, os parques foram posicionados com base nessa necessidade”, diz o diretor comercial da Planet.

A tendência de valorização pode ser conferida na Smart City Laguna, no Ceará, considerada a primeira cidade inteligente inclusiva do mundo, projetada para receber 25 mil pessoas. Localizada no município de São Gonçalo do Amarante, a 55 km de Fortaleza, a cidade dispõe de uma tecnologia que beneficia todos os moradores, com soluções inteligentes em administração pública, planejamento urbano, acessibilidade, governança, cuidado com o meio ambiente e economia compartilhada. “As soluções inteligentes aplicadas em conjunto, promovem bem-estar e qualidade de vida”, diz Edson.

Para se ter ideia, os lotes de Laguna, em cinco anos, valorizaram mais de 200%. “À medida que os lotes vão sendo preenchidos por casas, a pressão pela subida dos preços também aumenta, pela presença dos serviços e não pela suposição futura de que eles vão chegar, pois tudo foi pensado dessa forma desde o início”, diz Edson.

Vale lembrar que os preços da Planet são populares, uma vez que a ideia da empresa é resolver o déficit habitacional. Na Smart City Laguna, as casas custam entre R$116 mil e R$165 mil. Lotes que começaram em R$15 mil, hoje são vendidos por R$51 mil. Em Aquiraz (CE), os imóveis ficam entre R$136 mil e R$220 mil.

“Pela lei básica da oferta e da procura, os preços tendem a aumentar”, avisa Edson. “Em cinco anos, uma casa da Planet poderá valer o triplo. Apostar nas residências em cidades inteligentes é uma decisão acertada financeiramente falando que o proprietário poderá colher frutos em alguns anos”, diz o diretor comercial da Planet.

Website: http://www.planetsmartcity.com.br

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

08 de dezembro de 2021

Uvebs promove Fórum Regional de Educação: Desafios Durante a Pandemia

Leia mais

08 de dezembro de 2021

Camp reconduz diretoria por mais três anos.

Leia mais

08 de dezembro de 2021

Nutricionista dá dicas para uma alimentação adequada no verão

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.