Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

DINO

28 de novembro de 2022

Boa saúde mental do colaborador melhora produtividade

 | Jornal Acontece

A boa saúde mental dos colaboradores pode impactar diretamente na produtividade dentro da empresa. É o que indica uma pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia, que revelou que um trabalhador feliz é 31% mais produtivo, três vezes mais criativo e pode vender 37% a mais em comparação aos demais. O estudo mostra que, inclusive, o funcionário se sente motivado a atender melhor o cliente.

Outro estudo, este realizado pelo Instituto Gallup, também mostrou que além de melhorar o clima organizacional da empresa e proporcionar resultados positivos, empresas com funcionários satisfeitos tem 50% menos acidentes de trabalho. Portanto, trabalhar a felicidade na empresa pode torná-la lucrativa e ainda gerar qualidade de vida ao funcionário.

A crise sanitária afetou tanto a vida profissional, quanto a vida pessoal de muitos trabalhadores, fazendo com que as empresas intensificassem os cuidados com a saúde mental do colaborador no pós-pandemia. Em 2020, no primeiro ano do surto do Covid-19, a ansiedade e a depressão aumentaram cerca de 50%, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde). De acordo com a HUBRH + ABPRH (Associação Brasileira dos Profissionais de RH), 66.3% das empresas estão preocupadas com o estado emocional de seus funcionários.

O especialista em psicologia da liderança e do alto desempenho, Ronan Mairesse, ressalta que o estado emocional da equipe precisa ser funcional para que a execução das atividades seja o mais próximo possível do que foi planejado. “Somos seres emocionais e as nossas emoções interferem na maneira como pensamos e agimos”, afirma. “Uma pessoa triste ao atender um cliente, passa essa energia na hora do atendimento, da mesma forma uma pessoa sentindo-se produtiva levará o atendimento a um nível de experiência maior”, salienta.

O impacto da liderança na saúde mental do colaborador

Para Mairesse, pessoas produtivas são lideradas por gestores que sabem ouvir, perguntar, direcionar e orientar. Além disso, uma das maiores qualidades do líder é fazer o time sentir-se importante. 

“Imagine só uma equipe sentindo-se emocionalmente forte, certamente ela será capaz de enfrentar qualquer obstáculo e adversidade. As pessoas têm uma confiança enorme umas com as outras, pois são incentivadas pela liderança em opinar, contribuir e ainda melhorar os processos e a performance”, sugere o especialista, destacando que a busca da excelência em times assim faz com que erros e derrotas sejam encarados como professores capazes de ensinar a maneira diferente de fazer na próxima oportunidade.

Mairesse acredita que um coordenador precisa encontrar momentos para acolher aqueles que estão ligados diretamente a ele. Da mesma forma, prossegue ele, esses líderes podem ensinar a cadeia hierárquica e disseminar uma cultura de liderança coaching por toda a empresa, ajudando as pessoas a definirem objetivos e a construção de um plano de carreira próprio dentro da organização.

Ainda segundo o especialista, um líder inspirador é como um radar emocional capaz de perceber em uma mudança mínima de comportamento a transformação de humor de um membro direto da equipe. “Bons líderes permitem que as pessoas conheçam sua essência, gerando um nível de confiança para que as pessoas façam o mesmo”, diz.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

28 de novembro de 2022

Temperatura e vibrações são desafios logísticos nos transplantes de órgãos

Leia mais

28 de novembro de 2022

ABIMAQ realiza curso voltado ao Fluxo de Caixa

Leia mais

28 de novembro de 2022

Congresso internacional discute os desafios da educação

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.