Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

DINO

08 de junho de 2022

Portal Solar abre 50 franquias neste ano e mira mais 200 unidades até dezembro

 | Jornal Acontece

O uso da energia solar em telhados e pequenos terrenos tem crescido de forma exponencial no país e acaba de ultrapassar 1 milhão de sistemas instalados pelos próprios consumidores brasileiros em residências e empresas, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR). De acordo com a entidade, o segmento já movimentou mais de R$ 57,4 bilhões em investimentos e gerou cerca de 320 mil empregos nos últimos dez anos.

Para o CEO do Portal Solar, Rodolfo Meyer, o crescimento do mercado fotovoltaico é impulsionado pelos aumentos nas tarifas de energia elétrica no país, que em alguns casos ultrapassam 20%. “Além de ser limpa, renovável e barata, a energia solar traz ganhos econômicos e sociais, aliviando o bolso das famílias e aumentando a competitividade do setor produtivo”, diz Meyer, que também é conselheiro da ABSOLAR.

Estima-se que atualmente há cerca de 25 mil empresas que atuam na cadeia produtiva do setor solar. O Portal Solar, por exemplo, abriu 50 microfranquias entre janeiro e maio deste ano, crescimento de 40% em relação a dezembro de 2021. Com oito anos de atuação no mercado fotovoltaico, a empresa completa neste mês um ano no franchising brasileiro e prevê selecionar mais 200 franqueados até o final de 2022.

A previsão do Governo Federal é que microgeração de energia renovável chegue a 4,2 milhões de clientes até 2031, um salto de 10,6 gigawatts (GW) para 37 GW de capacidade instalada. No total, esse mercado deverá movimentar R$ 122 bilhões, de acordo com cálculos da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Atualmente, apenas 1,4% dos 88 milhões consumidores brasileiros de energia elétrica possuem sistemas fotovoltaicos, a maioria residenciais e comerciais.

Microfranquia é a nova tendência do mercado solar

O crescimento do mercado fotovoltaico Brasil, que tem dobrado a cada ano, também direcionou modelos de negócios para a área de franquia de energia solar com empreendedores atuando em projetos e instalação de painéis fotovoltaicos em casas e empresas. “Os clientes querem ver rápido o impacto na conta de luz, pois essa é uma despesa que não dá para deixar de pagar”, explica Lucas Braga, franqueado do Portal Solar. “Eu pego a última conta do cliente, mostro quanto ele está pagando por kilowatts. Depois eu calculo quanto o sistema vai custar e quanto vai gerar de energia elétrica”, explica.

Braga ainda não tem equipe própria de instalação, mas criou um programa de incentivo para garantir a qualidade do serviço. “No final de cada instalação, eu envio uma pergunta para o cliente sobre a qualidade do serviço. Se o cliente der uma nota 8 a 10, eu pago um adicional de R$ 150 para o instalador. Essa é uma turma anônima, mas que tem um papel fundamental no processo de venda”, diz.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

08 de junho de 2022

Exposição apresenta quadros inéditos de Theodoro de Bona, na Artestil

Leia mais

08 de junho de 2022

Mulheres ganham 24% menos no setor da saúde

Leia mais

08 de junho de 2022

Ceratocone é uma das grandes causas de transplante de córnea em âmbito mundial

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.