Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

27 de junho de 2020

Centrão embaça adiamento das eleições para novembro

 | Jornal Acontece

Pressionado por prefeitos e, com o aval do presidente Bolsonaro, o bloco de partidos do Centrão se articula para barrar o adiamento das eleições municipais, aprovado pelo Senado Federal na última terça-feira.
A Proposta de Emenda à Constituição que muda a data do primeiro turno para 15 de novembro e do segundo para 29 do mesmo mês, é fruto de consenso entre lideranças políticas, autoridades sanitárias e direção do TSE. Pelo atual calendário as eleições acontecem em 4 e 25 de outubro.

OFICIAL E BASTIDORES
A justificativa oficia lé de que não há garantias de que a pandemia será controlada até novembro, para justificar o adiamento. Nos bastidores, sabe-se que prefeitos apadrinhados pelo Centrão querem evitar o adiamento, que
daria mais tempo para a oposição se organizar. O Centrão controla 200 dos 513 votos da Casa e, para que o adiamento seja aprovado, são necessários 308 votos.

MAIORES DO CENTRÃO
Progressistas e Republicanos, já se manifestaram contra o adiamento; também há esta tendência no PL. DEM está dividido e o MDB deixou seus deputados à vontade.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

27 de junho de 2020

Coca-cola oferece programa de qualificação profissional para jovens da região

Leia mais

27 de junho de 2020

Hip Hop é cultura! 

Leia mais

27 de junho de 2020

PAIS CRIAM VAQUINHA ONLINE PARA CUSTEAR TRATAMENTO DE FILHA RECÉM NASCIDA

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.