Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

04 de maio de 2021

Como a autoestima pode interferir na vida das pessoas

 | Jornal Acontece

Referência na área da moda, Anne Garcia fala sobre o processo de autoconhecimento e a importância de trabalhar a autoestima

 

Nem todos os dias as pessoas acordam se sentindo maravilhosamente bem, alegres ou de bem com o espelho. Logo, quando isso acontece, a tendência é gerar estresse, mau humor ou frustração ao longo do dia. Mas você já parou para pensar na relação entre beleza e autoestima? Quando as pessoas se sentem bem e bonitas, a autoestima tende a ser mais elevada, gerando sensação de bem-estar, autoconfiança e determinação. A estilista e empresária Anne Garcia, considerada referência na área da moda, fala sobre o assunto e traz dicas para aumentar a autoestima.

Com a expansão das redes sociais e seu mundo de aparências, muitas pessoas acabam se frustrando ao ver vidas perfeitas e, principalmente, padrões de beleza que só existem virtualmente, o que acaba ocasionando baixa autoestima para quem acompanha a rotina de famosos e blogueiras. “As pessoas que estão com a autoestima baixa tendem a procurar modelos para seguir e se sentirem mais confiantes, pois elas não acreditam em si e copiam o que a sociedade impõe. Muitas vezes uma pessoa vive um estilo de vida que não quer ou, até mesmo, não pode ter, somente para agradar aos outros e não ser julgado. Pensam que vivendo os padrões impostos serão mais felizes e autoconfiantes”, comenta a empresária e estilista.

Para Anne, é importante que as pessoas separem um tempo para o cuidado da saúde mental. “Temos que nos cuidar de dentro para fora. Você tem que estar bem com você mesma. Você deve ouvir e entender os sinais do seu corpo e da sua mente, encontrar os seus pontos fortes e fracos, e usar isso a seu favor. Aceitar que ninguém é perfeito é extremamente essencial para a nossa autoestima”, completa.

Além de trabalhar a saúde mental, é importante manter amizades positivas, pois estar ao lado de pessoas que te frustram e te colocam para baixo pode causar baixa autoestima, gerando sentimentos ruins, como infelicidade, incapacidade, falta de confiança e inferioridade. “Temos que focar no que nos faz bem e evitar o que nos faz mal. Para isso, é importante o processo de autoconhecimento. Parece fácil, mas exige um treinamento diário e constante. Pratique atividades físicas, se alimente bem e lembre-se de que o mais importante nessa vida é sermos felizes”, finaliza a estilista.
 
Fotos: Divulgação Anne Garcia
Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

04 de maio de 2021

‘De repente 30’: cuidado redobrado com a pele!

Leia mais

04 de maio de 2021

Procura por cirurgias plásticas dispara pós pandemia; Confira as principais

Leia mais

04 de maio de 2021

Seja mais feliz com Dopamine Dressing

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.