Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

02 de dezembro de 2021

Enfermeira da baixada é finalista em Concurso na Suécia

 | Jornal Acontece

Sira da Silva, atualmente enfermeira no Hospital Guilherme Álvaro, está entre as cinco finalistas do Concurso Rainha Sílvia da Suécia, com o projeto “Paradinha da Saúde”. O Prêmio de Enfermagem Rainha Silvia é uma premiação para enfermeiros profissionais e estudantes de enfermagem, que envolve as mentes mais brilhantes e suas ideias, ações ou soluções mais criativas, que estimulem impacto social e que enriqueçam os cuidados com a saúde.

 

O prêmio é apoiado por ‘Sua Majestade’, a rainha Silvia da Suécia e viabilizado pela Vibe Saúde.
Se ganhar Sira receberá um prêmio de 6 mil euros, um diploma da Rainha e ainda poderá participar da cerimônia de entrega da láurea em Estocolmo, além de realizar um curso fora do país. O resultado final será no dia 23 de dezembro de 2021.

 

Trajetória

 

Sira da Silva é graduada em enfermagem e obstetrícia pela Universidade Federal de São Carlos (1993); especialista em atendimento de emergência pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo,(HCFMUSP); especialista em Gestão Pública de Serviços de Saúde UNILUS (Centro Universitário Lusíada).

 

Funcionária do Sistema Único de Saúde (SUS) desde 1994, iniciou carreira profissional como enfermeira do Pronto Socorro do Instituto Central do Hospital das Clínicas (HCFMUSP), atuou como membro do Conselho Municipal de Saúde de Cubatão exercendo a 1ªSecretaria. Em 2004 trabalhou na prefeitura de São Vicente auxiliando na implementação do Crei recém inaugurado.

 

Em 2009 foi Diretora do Departamento de Urgência e Emergência da Prefeitura de Cubatão comandando Projeto da UPA Porte I, inaugurada em 2013 e equipou a UTI do Pronto Socorro Central. Possui experiencia em gestão de unidades de saúde e, em 2016, como diretora do Departamento de Urgência e Emergência foi relatora do projeto que regulamenta as 30 horas de trabalho semanal para a enfermagem da prefeitura de Cubatão, atendendo reivindicação antiga da categoria.

 

Concurso Rainha da Suécia

 

A ideia da premiação veio após a Rainha Silvia da Suécia, que tem sangue brasileiro e passou a infância no nosso país, conhecer de perto a dedicação e os desafios dos indivíduos que prestam assistência direta aos pacientes. No caso, a experiência envolveu os cuidados com a sua mãe, que sofria de Alzheimer.

A primeira edição do prêmio ocorreu na Suécia em 2012. Em 2020, por exemplo, a vencedora sueca, Lisabet Lindbäck, concebeu um projeto que, por meio de vídeos interativos de caminhadas, tem o objetivo de ajudar pessoas com demência a resgatar lembranças e minimizar sua ansiedade e solidão.

 

Paradinha da Saúde
Projeto de grande repercussão, o Paradinha da Saúde, teve o apoio do Instituto de Análises Clínicas-IACS Colégio Objetivo Unidade Cubatão; Sintracomos; Gomes Festas e Prefeitura municipal de Cubatão.

 

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

02 de dezembro de 2021

Só mulheres: começa seleção para curso de eletricistas CPFL; de graça

Leia mais

02 de dezembro de 2021

Próximos dias com alerta de inundações em Cubatão

Leia mais

02 de dezembro de 2021

Usuários se revoltam com aumento da passagem de 'latas velhas', em Cubatão

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.