Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

27 de março de 2019

Inicio das aulas

Evento marca início do Curso de Medicina na Unaerp Guarujá

Os estudantes da primeira turma de Medicina da Unaerp já começaram as aulas no Campus Guarujá. A cerimônia de instalação do curso foi realizada nesta segunda (25), presidida pela Reitora Profa Elmara Bonini. A solenidade contou com a presença dos alunos ingressantes, autoridades, representantes da classe médica e convidados.

O curso de Medicina da Unaerp tem como principal diferencial o método PBL (Problem Based Learning), que trabalha com a participação ativa do aluno em sistema de tutorias para construção do conhecimento. A reitora da Unaerp, Elmara Bonini, destaca que o curso em Ribeirão Preto foi avaliado com nota máxima pelo MEC. “Estamos felizes pela implantação do curso e vamos conseguir realizar um excelente trabalho de maneira regional, esse é nosso objetivo”. Para a pró-reitora da Unaerp Guarujá, Priscilla Bonini Ribeiro, “é um ciclo novo de desenvolvimento educacional, econômico e social para a cidade e a região”.

O coordenador do curso no Campus Guarujá, Prof. Dr. Geraldo Magela Nogueira Marques, explica o foco dessa formação. “Queremos incutir neles a formação de médicos generalistas com a sensibilidade do cuidado com a família, e que eles sejam buscadores de conhecimento, ou seja, vão aprender a aprender.” Com o curso de Medicina, a Unaerp agregará qualidade ao atendimento de saúde à população de Guarujá e região e ampliará sua atuação em prol da comunidade.

Alunos
Um dos momentos mais emocionantes foi a apresentação de violino do aluno de Medicina Carlos Henrique da Silva Martins, que encantou os presentes. Morador de Guarujá, ele é um dos contemplados com a bolsa de estudos pela lei municipal. “Sempre tive o sonho de fazer Medicina. É o que eu amo e quero fazer, servir as pessoas e exercer essa profissão tão nobre”.

Estudantes de várias partes do País vieram para iniciar as aulas, como Heitor de Oliveira Nato Martins, que veio da cidade de Rio Verde, em Goiás. “Era meu sonho, admiro muito a profissão de médico”. O pai, Heitor De Oliveira Nato Neto, estava muito comovido. “São 1100 quilômetros de distância. Mas a expectativa é que ele saia um excelente profissional”.

O calouro Raphael Eduardo de Oliveira Cavalheiro, de Ibitinga, interior de São Paulo, ficou bem impressionado com as primeiras aulas. “Percebo agora que é realmente o que queria. O método (de estudo) nos desafia, mas é essa a proposta, isso é legal para melhorarmos sempre mais”.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

27 de março de 2019

Novo coronavírus

Leia mais

27 de março de 2019

Combate a Dengue

Leia mais

27 de março de 2019

Expediente em Cubatão

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.