Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

26 de outubro de 2020

‘Mães da Casa’ vão ao Ministério Público por reabertura

 | Jornal Acontece

Desde o início da pandemia, a Casa da Esperança de Cubatão está fechada, impactando famílias de cerca de 500 crianças e adolescentes com necessidades especiais, assistidos pela entidade. Esta semana um grupo de mães denominado ‘Mães da Casa’, protocolou denúncia ao Conselho Tutelar e, documento com o mesmo teor será entregue ao Ministério Público, na próxima semana.  Na peça, é exposta a gravidade da situação, solicitando medidas que viabilizem a urgente reabertura da Casa. Segundo as mães, outras casas já voltaram ao atendimento, mesmo com redução e seguindo os protocolos de higienização, por causa do coronavírus: mas em ‘Cubatão, nem sinal de reabertura’, reclamam.

Dúvidas
Ao Acontece, a principal cobrança das mães é para que haja mais clareza com relação à possibilidade e prazos para reabertura. Outra preocupação é com respeito a melhora da infraestrutura e contratação de equipe suficiente para atender a demanda. Além das cerca de 500 crianças atendidas (300 diariamente) já havia uma lista de espera por atendimento.
Coisa antiga
Os problemas não são de hoje e se arrastam desde 2013 até que, em 2017, sob intervenção do Rotary Cubatão e em parceria com a Prefeitura, a Casa foi reaberta, mas continuou sofrendo percalços por causa de pendências trabalhistas, entre outras, que inviabilizam as certidões, necessárias à celebração de convênios.

A Casa
Associação Casa da Esperança e Cidadania de Cubatão “Dr. Leão de Moura”, é uma associação filantrópica, civil, sem fins lucrativos, tendo como finalidade a habilitação e reabilitação funcional de pessoas com deficiência. Entre os serviços previstos estão: neuropediatria, ortopedia, pediatria, terapia ocupacional, fisioterapia, hidroterapia, fonoaudiologia, psicologia, odontologia, pedagogogia, serviço social, oficinas artesanais.

Resposta ao Acontece
Em nota da Prefeitura, o interventor judicial da Casa da Esperança, Hermes Balula, esclareceu que a Associação já está formulando um novo termo de fomento junto ao Município de Cubatão – em fase final de tramitação com possibilidade de assinatura em dez dias. De acordo com Balula a Casa, fechada desde o mês de março, devido a pandemia da Covid-19, está se preparando para retomar suas atividades com todos os protocolos de saúde exigidos para o enfrentamento ao novo coronavírus.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

26 de outubro de 2020

‘Arraial do Parque Anilinas’ começa nesta sexta-feira

Leia mais

26 de outubro de 2020

Cidade sedia encontro de Conselhos Municipais de Assistência Social da Baixada Santista

Leia mais

26 de outubro de 2020

Prefeitura distribui carnês de IPTU com novidade

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.