Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

31 de maio de 2022

População de Mairiporã pede por investimentos na saúde, cultura, segurança e moradia em audiência pública do Orçamento 2023

 | Jornal Acontece

O evento foi recebido pela Câmara Municipal da cidade nesta segunda-feira, 30

 

A população do município de Mairiporã apresentou, nesta segunda-feira (30), diversas demandas ligadas à saúde, cultura, segurança e moradia em audiência pública do Orçamento 2023, realizada na Câmara de Vereadores da cidade, pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

 

O evento contou com a participação dos deputados Enio Tatto (PT), Maurici (PT) e Gilmaci Santos (Republicanos), presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento, responsável pela organização das audiências.

 

Durante a reunião, o prefeito de Mairiporã, Aladim, afirmou que um investimento no Hospital Anjo Gabriel, localizado no município, ajudaria a liberar mais vagas nos demais hospitais da região, como com pacientes no pós-operatório, por exemplo. “Não estou falando de um convênio muito alto, um convênio parecido com o que a gente tinha no Covid [em hospitais de campanha], que era de R$ 623 mil, hoje esse valor já não dá mais, porque os preços subiram, mas um convênio de R$ 800 ou R$ 900 mil já nos ajudaria a mantê-lo”, disse.

 

Ricardo Messias Barbosa, presidente da Câmara de Mairiporã, também colocou o investimento no hospital em evidência e pediu equipamentos. “Pedimos a viabilização de um equipamento de ressonância para esse hospital que tanto vai ajudar a nossa população da região também”, falou.

 

Para a área da cultura, o deputado Enio Tatto pediu um aumento nos investimentos. “Há tantos programas culturais que seriam interessantes fazer para fomentar a cultura em todo o Estado de São Paulo, na periferia das grandes cidades, na periferia de Mairiporã, que já chega, ou passa, de 100 mil pessoas. É uma Secretaria que nós temos que olhar com carinho e colocar mais dinheiro”, apontou.

 

O secretário de Cultura de Mairiporã, Ricardo Massonetto, também pediu um aumento da porcentagem da quantia direcionada à pasta no Orçamento. “Nós precisamos reforçar que o governo dedique esforços para atender convenções internacionais que recomendam 1,5% do Orçamento estadual para a cultura. Pedimos o esforço do governo do Estado para que o orçamento se aproxime a 1%”, disse.

 

O deputado Gilmaci Santos ainda reforçou que “quando você aumenta um percentual em cultura, você não está gastando, você está investindo para que as cidades e o Estado de São Paulo possam arrecadar mais”. “Não é possível que em um orçamento como o do Estado de São Paulo tenha só 0,39% do orçamento para a cultura”, comentou.

 

O vereador Eliomar falou da necessidade de recursos para a segurança. “Precisamos fortalecer a nossa segurança municipal”, disse. Assim como Joselito de Souza, que pediu investimentos na guarda municipal. “O município que tem guarda municipal é um município mais seguro”.

 

O vereador Marcinho da Serra pediu mais recursos através da regularização fundiária. “Nós temos 206 núcleos irregulares. Nós sabemos a dificuldade que o governo municipal tem de conseguir fazer a regularização de todos os bairros, até por conta de recursos, porque é muito custoso para que pudéssemos regularizar todos eles”, falou.

 

Já o representante da OAB de Mairiporã Antonio Carlos Medeiros falou que a cidade necessita “que seja destinado uma parte do recurso do orçamento para 2023 justamente para a reforma e ampliação do fórum”.

 

Por fim, o deputado Maurici afirmou que tem certeza que o deputado Gilmaci Santos, como presidente da comissão responsável pelo relatório das audiências públicas do Orçamento 2023, fará “aquilo que estiver ao seu alcance, ainda que não seja muito. Ele poderá, e certamente, fará um gesto na direção de melhorar a qualidade de vida dos moradores de Mairiporã, porque ao fazer isso, ele estará contribuindo para a qualidade de vida de todos os moradores e moradoras da região”.

 

Como participar

 

As audiências públicas são transmitidas ao vivo pela Rede Alesp na TV e no Youtube. Os interessados em participar com demandas e sugestões, deverão se inscrever no site da Assembleia (www.al.sp.gov.br), no ícone “Audiências Públicas do Orçamento”, e seguir as orientações. No dia da audiência da região correspondente, o link da plataforma Zoom será encaminhado através do e-mail informado no formulário de inscrição. No mesmo ícone, o cidadão poderá enviar sugestões ao Orçamento.

 

 

 

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

31 de maio de 2022

Mulher de Marcio França será vice de Haddad

Leia mais

31 de maio de 2022

Prazo para pedido de voto em trânsito termina em 18 de agosto

Leia mais

31 de maio de 2022

Cubatão lança Comitê Popular em apoio a Lula

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.