Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

11 de janeiro de 2019

Próxima semana

 | Jornal Acontece

Extensa programação marca Dia do Padroeiro em Guarujá

Eventos serão realizados entre terça (15) e sexta (18) da próxima semana

O Dia de Santo Amaro, padroeiro de Guarujá, será celebrado na próxima terça-feira (15). Para marcar a data, a Prefeitura preparou uma extensa programação, que tem início na própria terça e termina na sexta-feira (18).

Entre as ações está a assinatura de convênio com 400 novas vagas em creches, que acontecerá às 15 horas de 17 de janeiro, na sala de reuniões do Gabinete do prefeito, no Paço Municipal Moacir dos Santos Filho (Av. Santos Dumont, 800, Santo Antônio). Neste mesmo dia, às 9 horas, será entregue a reforma da Escola Municipal Catarina de Oliveira Salgado, no Balneário Guarujá.

Já no dia 18, será assinado convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF) no valor de R$ 214 milhões para obras de infraestrutura habitacional, viária e macrodrenagem das bacias do Rio do Meio (Santa Rosa) e Rio Santo Amaro (Santo Antônio). A cerimônia acontece na sala de reuniões do Gabinete do prefeito, a partir das 11 horas.

A programação envolve ainda a entrega de 230 títulos de legitimação fundiária em Morrinhos III; de novos veículos para a Secretaria de Saúde; apresentação da prestação de contas de Governo, entre outras ações (veja quadro abaixo). Também neste dia, conforme o Decreto 8.842/10, todos os ônibus da Cidade circularão de graça.

16 programação

Padroeiro de Guarujá andou sobre as águas
O Dia de Santo Amaro foi instituído como feriado municipal em Guarujá com base na Lei Federal nº 605, de 5 de janeiro de 1949. Conhecido também como Mauro – nasceu em Roma, na Itália, no século VI.

Amaro entrou muito cedo para a vida religiosa, tornou-se beneditino aos 12 anos de idade. Foi apontado como um exemplo de virtude, obediência e abertura à ação do Espírito Santo.

O milagre mais famoso do Santo, o qual teria sido um dos grandes responsáveis pela sua canonização, conta que em certo dia, São Bento teria tido uma visão de um jovem afogando-se em um pequeno rio. Bento, então, teria chamado Amaro e pedido a ele que tentasse salvar o garoto. O Santo focou-se de tal modo na realização desta tarefa que, sem notar, andou sobre as águas, salvando o menino.

São Mauro foi enviado por São Bento à Gália para fundar um mosteiro. Ele o governou por um período de 40 anos, nele faleceu aos 72 anos, vítima de uma peste que também levou muitos dos seus monges.

Em Guarujá, a primeira manifestação religiosa em louvor a Santo Amaro aconteceu em 1545 – dois anos após o batismo da ilha, quando o comerciante português José Adorno mandou construir uma capela para o santo. Apesar de não haver qualquer vestígio desse templo, acredita-se que ele teria sido erguido na localidade hoje conhecida como Santa Cruz dos Navegantes.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

11 de janeiro de 2019

Novo coronavírus

Leia mais

11 de janeiro de 2019

Combate a Dengue

Leia mais

11 de janeiro de 2019

Expediente em Cubatão

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.