Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

01 de setembro de 2017

Reinauguração

Fonte passa a dar espetáculos diários; reinauguração teve participação de estudantes


Prepare os aplicativos Fotor, Snapseed, Boomerang e qualquer outro que você usa para fazer e editar fotos e filmes. A renovada Fonte 9 de Julho, reinaugurada sexta-feira (1) no Gonzaga com a mesma tecnologia da fonte olímpica do Rio de Janeiro, promete atrair olhos e celulares para a colorida dança das águas.
Na prática, isso significa que nos primeiros meses serão 25 movimentos diferentes de água, em um bailado iluminado nas cores azul, verde, vermelho, branco, amarelo e lilás. Mas a tecnologia nacional aplicada pela empresa Fac Fontes, responsável pela atualização da fonte, permite até 100 coreografias.
A empresa quer conhecer melhor a direção e a intensidade do vento na praia antes de tornar todos os recursos disponíveis. Até outubro será instalado na Fonte 9 de Julho um anemômetro, aparelho com sensibilidade capaz de identificar a força do vento e adequar os jatos para que não caia água fora da fonte.

Shows
Desde sexta-feira (1), a maior parte do tempo, a fonte funcionará com pequenas variações de movimentos. Mas às 9h, 12h, 15h começam shows com 15 minutos de duração, com apresentação dos 25 movimentos programados por computação, que controla a subida, a descida e a altura das águas. Às 18h e 21h, o show de 15 minutos ganha luzes para se tornar ainda mais atraente.
A fonte tem três tipos de bicos: vertical, parábola (formam os arcos) e o névoa, responsável pelo efeito de simular uma nuvem sobre a fonte.
Restauração exigiu cuidados
A iluminação da Fonte 9 de Julho, no Gonzaga, é com lâmpada LED de 12 watts, que evita o risco de choque. Também por medida de segurança a emenda das bombas fica fora da linha d’água para evitar fuga de energia.
Toda tubulação antiga e a fiação elétrica foram trocadas por novas. A recuperação do piso da fonte exigiu que os oito operários da Fac Fontes escavassem um pouco abaixo do solo, porque não podia colocar em risco a mureta e toda estrutura original do equipamento.
A fonte conta com sistema de filtragem para evitar mau cheiro, formação de limo e doenças.
O trabalho levou três meses para ser concluído e foi realizado com recurso do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento de Estâncias (Dade), do Governo do Estado, na ordem de R$ 653.591,23.

Reinauguração com poesia e história
A entrega da revitalização da Fonte 9 de Julho fez parte das comemorações da Semana da Pátria e incluiu a premiação do concurso de poesia na rede municipal de ensino e a entrega da restauração do bonde 46, no Gonzaga (Posto de Informações Turísticas)
O concurso literário, realizado pela Secretaria de Educação, em parceria com o Clube 21 Irmãos Amigos, envolveu 2.908 alunos do 5º ano e 1.266 alunos do 6º ano do ensino fundamental das 40 escolas da rede.
A vencedora foi Geovana Miranda, da escola Waldery de Almeida; o segundo lugar ficou com Maria Eduarda Melo, da José Genésio; e Rhuan Miguel Lima dos Santos, da Leonardo Nunes, ficou em terceiro. Todos ganharam medalhas e presentes ofertados pelo Clube 21 Irmãos Amigos.

Memória
A CET entregou o bonde 46 com as cores com que circulou de junho de 1984 a outubro de 1986, entre os canais 4 e 5. O trabalho exigiu pesquisa e também abrangeu a troca de madeiras e ferragens comprometidas pelo tempo.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

01 de setembro de 2017

Pai e filho são presos por tráfico de drogas em Santos

Leia mais

01 de setembro de 2017

Morros de Santos estão em estado de atenção

Leia mais

01 de setembro de 2017

Santos não terá queima de fogos no réveillon para manter redução dos casos de covid

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.