Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

28 de fevereiro de 2018

Depois do Fórum

 | Jornal Acontece

Paulo Correa Jr. pede CPI contra exploração sexual infanto-juvenil

Pedido foi protocolado pelo deputado na Assembleia Legislativa nesta terça (27). Proposta da CPI nasceu durante o debate sobre o tema realizado na Unisanta, na noite da última segunda (26)

O deputado estadual Paulo Correa Jr (Patriotas) protocolou na última terça (27) o pedido de abertura de comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar a exploração sexual infanto-juvenil no centro de Santos e em toda a Baixada Santista.

O pedido de CPI por parte do deputado foi anunciado um dia antes, durante fórum de debate sobre o tema, realizado na Universidade Santa Cecília (Unisanta), em Santos. No debate, foram apresentados números e apresentadas algumas sugestões que serão levadas à Assembleia Legislativa e a Câmara Federal.

De acordo com o deputado, o pedido de CPI já tem o apoio da base aliada e está na fila para ser pautada. “Sei que posso contar com apoio de pelo menos 28 deputados da base de partidos aliados. É um tema que precisa ser investigado a fundo. A CPI já está na fila para ser pautada e esperamos que isso aconteça o quanto antes”, afirmou o parlamentar.

Correa Jr também apresentou no fórum um projeto de lei que pretende apresentar na Alesp. O PL autoriza o Governo do Estado a criar o serviço de disque-denuncia de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes.

forumexpsexualinf0002

No congresso

Na esfera federal, quem vai encabeçar a pauta é o deputado federal Roberto de Lucena (PV). Presidente da Frente Parlamentar Mista de Combate ao Bullying e Outras Formas de Violência da Câmara dos Deputados, o parlamentar vai levar todos os apontamentos feitos no fórum para serem debatidos em Brasília, com a finalidade de erradicar o problema no país. “A Baixada Santista será a pioneira na luta contra a exploração sexual. E a luta será levada aos quatro cantos do país, já que essa é uma questão que assola a toda a nação”, garantiu o deputado.

Além dos deputados, participaram também do Fórum o presidente da OAB de Santos, Luiz Fernando Afonso Rodrigues, o pastor João Carlos Batista Santos, a conselheira tutelar Idalina Galdino Xavier; Flávio Corrêa, coordenador do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas na Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania do Estado e o inspetor Marcelo Gondim, presidente da Comissão Regional de Direitos Humanos da Policia Rodoviária de São Paulo.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

28 de fevereiro de 2018

Adolescentes de 13 e 14 anos podem ser vacinados a partir desta terça-feira (31)

Leia mais

28 de fevereiro de 2018

Cantor Sérgio Reis se torna alvo da Polícia Federal

Leia mais

28 de fevereiro de 2018

Porque mulheres ainda temem denunciar agressores, em casa

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.