Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

08 de março de 2022

Âmbar Original: resina fossilizada é utilizada em joias

 | Jornal Acontece

Brasil 8/3/2022 – O segundo maior pedaço de âmbar do mundo, com pouco menos de 2 kg, foi encontrado na Romênia.

Âmbar do Báltico tem sido comercializado em diversos formatos, como pulseiras, tornozeleiras e colares.

O âmbar é um material de origem orgânica que se formou através da fossilização da resina de pinheiros que existiam na região da Escandinávia. Devido a ocorrências de furacões na região báltica e por sua configuração geográfica, as resinas foram levadas para o mar, motivo pelo qual o âmbar hoje é extraído através da mineração e da pesca no mar Báltico, principalmente nas regiões de Kaliningrado e Lituânia.

O âmbar pode ser utilizado como matéria-prima para a fabricação de acessórios, como pulseiras ou colares. A comercialização da resina se deu em diversos países, porém a região do báltico detém a maior parte dos depósitos da pedra. Já tradicional em países que possuem reservas de âmbar, como a citada Lituânia, no Brasil a popularidade do material ainda está em crescimento. Algumas lojas especializadas em joias e adereços têm o âmbar em seu catálogo e precisam oferecer um certificado de autenticidade da origem.

Dana Hively, empresária e proprietária da Âmbar Original, joalheria especializada em resina do báltico, comenta que se trata de uma pedra rara. “Um fato interessante é que o segundo maior pedaço de âmbar do mundo, com pouco menos de 2 kg, foi encontrado na Romênia. E, em relação à aquisição do material, é preciso ficar atento quanto à originalidade do produto, pois a pedra pode ser facilmente falsificada”.

A empresária reforça ainda que possível encontrar materiais similares, mas às vezes não originais, por isso o certificado de autenticidade oferece segurança de um produto original: “Para garantir que o material utilizado na joia é legítimo, e não uma falsificação feita com plástico ou vidro, há a certificação de procedência do âmbar que garante a originalidade e que foi trazido do Báltico”.

Pelo fato de o âmbar ainda não ser tão conhecido no Brasil, o setor joalheiro ainda está em processo de inserir os produtos feitos com o material no mercado nacional. “Esperamos mostrar aos consumidores que essa pode ser uma alternativa interessante às joias tradicionais”, finaliza Dana.

Mais informações no site da Âmbar Original.

Website: https://www.ambaroriginal.com.br/

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

08 de março de 2022

Mutirão de mamografias e ultrassonografias ganha mais dois dias

Leia mais

08 de março de 2022

Simpósio gratuito discute práticas de resolução de conflitos

Leia mais

08 de março de 2022

Sebrae Aqui Bertioga está com inscrições abertas para cursos gratuitos

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.