Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

01 de junho de 2018

5ª Edição

Festival internacional de dança tem programação até domingo (3)

Até o próximo domingo (3), a quinta edição do Festival Internacional de Dança (Fidifest) é a principal atração cultural da Cidade, reunido mais de 1.600 bailarinos no Teatro Municipal Braz Cubas (Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias) e na Cadeia Velha (Praça dos Andradas s/nº, Centro Histórico). O evento foi aberto na noite de terça-feira (29), com o espetáculo Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas, produzido por Luiz Fernando Bongiovanni.

Os bailarinos apresentaram cenas que discutem a ambiguidade do cotidiano, mostrando o conflito de sentimentos aos quais todos estão expostos: ansiedade, pressa e o medo contrastando com a gentileza, empatia e a ternura.

A programação desta quarta-feira (30) segue no Teatro Municipal com apresentações nos estilos variações, contemporâneo, dança popular, dança urbana, dança de salão, sapateado, trio aberto, balé clássico, balé repertório, estilo livre e jazz.         

Já a Cadeia Velha vai receber workshops com renomados coreógrafos, como o russo Misha Tchoupakov, que integra o corpo docente da Escola de Dança da Universidade da Carolina do Norte (EUA), e que foi membro do Balé Bolshoi. O festival de dança também selecionará participantes para bolsas de intercâmbio na Carolina do Norte e em Nova York, e em Madri (Espanha).

Outro destaque do evento fica por conta das personalidades do mundo da dança que fazem parte da comissão julgadora: Cecília Kerche, primeira bailarina e diretora artística do Corpo de Baile do Teatro Municipal do Rio de Janeiro; J.C. Violla, do júri técnico do quadro Dança dos Famosos, da Rede Globo; Edy Wilson De Rossi, diretor artístico da Anacã Cia de Dança, e Marcio Rongetti, professor particular de balé de artistas como Claudia Raia, Jarbas Homem de Mello e Fernanda Souza.

        

Referências

Realizado pela Associação de Dança do Litoral Paulista (Adalpa), com apoio da Secretaria de Cultura (Secult), o festival visa disseminar a dança na região, formar público para o gênero artístico e movimentar o turismo, atraindo artistas, profissionais da área e interessados de diversas partes do Brasil e do exterior.

“O festival vem crescendo ano a ano e isso nos deixa muito felizes, pois estamos recebendo apoio de diversos setores, como a Prefeitura, hotéis e o comércio da Cidade”, comenta Juliana Luiz, uma das organizadoras do evento ao lado de André Santos (com experiência na Broadway) e Vanessa Toledo, todos profissionais da Baixada Santista.

Juliana apontou, ainda, sua expectativa para o futuro do evento. “Nosso objetivo é tornar a Baixada Santista uma das principais referências da dança no País”.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

01 de junho de 2018

Festival cultural e esportivo toma conta do Novo Quebra-Mar

Leia mais

01 de junho de 2018

Agenda Cultural tem programação variada em Santos

Leia mais

01 de junho de 2018

Começa a revitalização de mais um trecho do Canal 1

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.