Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

28 de outubro de 2020

Vacina contra a Covid-19

 | Jornal Acontece

“Tomar a vacina contra a Covid-19 é uma responsabilidade, não uma obrigação. E não tem a ver com governos”

O geriatra Dr. João Toniolo falou sobre as pesquisas e previsão para a chegada da vacina durante palestra em evento da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), transmitida pelo www.youtube.com/cnspoficial

Quando chegará a vacina contra a Covid-19? Como avaliar a qualidade das vacinas chinesa e russa? Seremos obrigados a tomar a vacina? E a eficácia? Estas e outras dúvidas sobre o novo Coronavírus e as vacinas em testes foram respondidas pelo médico geriatra e CEO do Grupo Toniolo Saúde, Dr. João Toniolo, durante o segundo dia da Semana do Servidor Público, evento online promovido pela Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP).

De acordo com o especialista, ter informações sérias e verdadeiras é um ponto bastante importante no combate à doença. “Essa oportunidade é muito importante para os servidores e também para a população em geral, pois passar as informações de forma correta é essencial em tempo de pandemia. E há muitas divergências e fake News que mais confundem do que explicam. Sem dizer que este é um tema que interessa a todos”.

Dr. Toniolo explicou didaticamente o que é o novo Coronavírus e o que se espera das vacinas testadas. Ele falou sobre as fases no processo de concepção de uma vacina e as diferenças em casos de pandemia. “Quando começam a estudar uma vacina nova, o processo, geralmente, tem cinco etapas e, por isso, leva entre 4 e 5 anos para ser finalizado. Em caso de pandemia, algumas etapas acontecem simultaneamente. É muito importante deixar isso claro: as etapas não deixam de existir. Elas apenas ocorrem de forma conjunta, de maneira que o processo é acelerado para que a resposta para a população mundial seja breve. Afinal, o interesse é coletivo”.

A importância da vacinação também foi destacada pelo médico. “Não vou entrar numa discussão sobre ser ou não obrigatória. O que acredito é que tomar a vacina é uma obrigação de responsabilidade com a própria saúde e com a saúde das pessoas queridas à nossa volta. Não tem a ver com governos. Não tomar a vacina é escolher colocar em risco quem gostamos”.

Sobre o tempo para a vacina chegar à população, o Dr. Toniolo acredita que os brasileiros começarão a ser imunizados nos primeiros meses de 2021. “De acordo com o que temos observado e as informações que recebemos, acredito que a população brasileira comece a ser vacinada no primeiro trimestre do próximo ano. Estão sendo feitos ajustes, definições de acordo com as respostas recebidas dos voluntários em mais de um estudo. A partir disso, a produção começará para que a vacina chegue para a população o quanto antes. Em saúde não há atalhos”.

A palestra completa está disponível no Youtube (https://www.youtube.com/cnspoficial) da Confederação Nacional dos Servidores Públicos.

A Semana do Servidor Público, da CNSP, termina amanhã, quarta-feira (28/10), com o doutor em Ciências da Comunicação pela USP Clóvis de Barros falando sobre a Importância da Comunicação com a População. A palestra começa às 15 horas e será transmitida pelos canais do YouTube https://www.youtube.com/cnspoficial e Facebook da CNSP https://www.facebook.com/cnspoficial/

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

28 de outubro de 2020

Vacinados com Janssen devem se atentar para doses de reforço

Leia mais

28 de outubro de 2020

Cubatão mantém dois pontos de vacinação neste sábado

Leia mais

28 de outubro de 2020

PG intensifica busca ativa por munícipes que não se vacinaram

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.