Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

DINO

05 de dezembro de 2022

Ano de 2022 tem número recorde de empresas verificadas no Protocolo GHG

 | Jornal Acontece

Empresas brasileiras têm se mobilizado cada vez mais para reduzir as emissões de gases do efeito estufa (GEE) resultantes de suas atividades e, desta forma, contribuir para a redução das emissões de carbono e os efeitos do aquecimento global. Segundo dados apresentados recentemente pelo Protocolo GHG Brasil, 182 empresas reportaram suas emissões na categoria Ouro através da Plataforma Pública de inventários. Para se ter uma ideia desse aumento, há 5 anos esse número era de apenas 71 empresas.

O Programa Brasileiro GHG Protocol foi criado em 2008 e é responsável pela adaptação do método GHG Protocol ao contexto brasileiro e desenvolvimento de ferramentas de cálculo para estimativas de emissões de gases do efeito estufa (GEE). Foi desenvolvido pelo FGVces e WRI, em parceria com o Ministério do Meio Ambiente, Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), World Business Council for Sustainable Development (WBSCD) e 27 Empresas Fundadoras. O programa tem como objetivos principais o estímulo à cultura corporativa de inventário de emissões de GEE no Brasil para uma agenda de enfrentamento às mudanças climáticas nas organizações, além de proporcionar instrumentos e padrões de qualidade internacional para contabilização das emissões e publicação dos inventários.

Das 182 empresas reportadas na Plataforma, 42 foram verificadas pelo Instituto Totum, além de outras 12 que não publicaram os inventários no GHG, mas que também solicitaram verificação isenta de terceira parte. O Totum participa como Organismo Auditor do Programa GHG desde o primeiro ano (2014), quando foi instituída a verificação oficial referente aos inventários de 2013. Nos últimos sete anos, o Totum ocupa a liderança em verificação de inventários, conforme levantamento junto à plataforma do Protocolo GHG Brasil.

“Contratamos o Instituto Totum para fazer a primeira auditoria externa do nosso inventário de emissões de GEE. O principal ponto que destacaria foi o profissionalismo da condução do processo todo de avaliação, com feedback constantes, que possibilitarão o refinamento da apuração das informações e gestão das evidências para os próximos inventários de GEE”, destaca Michelle Luiz de Almeida, Coordenadora de Gestão da Sustentabilidade da Energisa.

Giovanna Massoco Ticianelli, Analista de Relações com Investidores e ESG do Banco Pan, também entende que a verificação faz parte de um processo contínuo de gestão: “A verificação nos permitiu identificar melhorias nos processos de coleta de dados e evidências, além de assegurar a transparência e robustez do nosso inventário de emissões”, afirma Ticianelli.

O selo categoria Ouro é conferido às empresas que publicam seu inventário de forma completa e assegurado por um organismo verificador acreditado pela CGCRE – Coordenação Geral de Acreditação do INMETRO-, os chamados “OVV”. A chancela de um OVV dá mais credibilidade às declarações de emissões de efeito estufa das empresas, garantindo ao mercado que as informações são verificadas com base em um padrão normativo internacional por uma terceira parte independente.

Fernando Giachini Lopes, Diretor Técnico do Instituto Totum, explica que a chancela de um OVV dá mais credibilidade às declarações de emissões de efeito estufa das empresas. “Um inventário auditado garante que as informações são verificadas com base em um padrão normativo internacional (Protocolo GHG), elevando o padrão de transparência das empresas frente a investidores e ao mercado em geral”, afirma Lopes.

Sobre o Totum

O Instituto Totum é Organismo Certificação acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro para os escopos de Gestão da Qualidade (sob o número OCS 0038), Inventários de GEE – OVV (sob o número OVV 0009), Certificação de Pessoas (sob o número OPC 0017), na modalidade Certificação de Auditores em Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) e Certificação de Produto (sob o número OCP 0169) nos escopos: Entidades Gestoras Técnicas (EGT) dos Programas Setoriais da Qualidade no Âmbito do PBQP-H e Rotulagem Ambiental Tipo I- ABNT NBR 14020:2002 e ABNT NBR 14024:2004. Atua desde 2004 na concepção e gerenciamento de Programas de Certificação voltados para produtos, serviços e pessoas. Atualmente, gerencia mais de vinte programas de autorregulação no Brasil nos mais variados segmentos, como alimento, segurança, energia, financeiro, dentre outros. No escopo de agronegócios, possui ampla experiência em selos ligados ao café, suco de uva, soja, tabaco e leite, além de ser firma inspetora acreditada junto ao RenovaBio. 

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

05 de dezembro de 2022

Casados e solteiros preferem formar patrimônio via consórcio

Leia mais

05 de dezembro de 2022

Autor Jorge Neto lança livro sobre a indústria do videogame

Leia mais

05 de dezembro de 2022

Certificação garante qualidade e segurança de alimentos

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.