Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

DINO

01 de dezembro de 2022

Sinais sustentáveis da Morgan Stanley: nova pesquisa mostra que existem oportunidades para gestores de ativos atenderem melhor às necessidades de investimentos sustentáveis dos proprietários de ativos

Os gestores de ativos têm a oportunidade de atender às crescentes demandas dos proprietários de ativos por práticas, produtos e relatórios de investimentos sustentáveis, segundo uma nova pesquisa da Instituto Morgan Stanley para Investimentos Sustentáveis. Sendo a mais recente da série de Sinais Sustentáveis da Empresa, esta pesquisa de investidores institucionais entrevistou 110 proprietários de ativos na América do Norte, Europa e Ásia, bem como 201 gestores de ativos nas mesmas regiões para entender o que os proprietários de ativos querem e o que os gestores de ativos estão oferecendo, bem como onde as lacunas estão na entrega de soluções ambientais, sociais e de governança (ESG).

“Os resultados de nossa mais recente pesquisa de Sinais Sustentáveis mostram que o investimento sustentável continua sendo uma importante área de foco para investidores institucionais em todo o mundo, com a grande maioria relatando um aumento de interesse nos últimos dois anos”, disse Jessica Alsford, Diretora de Sustentabilidade e Diretora Executiva do Instituto Morgan Stanley para Investimentos Sustentáveis. “Ao mesmo tempo, nossas descobertas mostram uma oportunidade significativa para os gestores de ativos se alinharem melhor com as prioridades dos proprietários de ativos em áreas que incluem práticas e políticas de investimentos sustentáveis, acesso a importantes dados e métricas de ECG, e desenvolvimento de novos produtos de investimentos sustentáveis. Fechar estas lacunas pode ajudar a aumentar a credibilidade e a adoção de estratégias de investimentos sustentáveis entre os investidores institucionais em todo o mundo.”

Conforme a pesquisa, a maioria dos gestores e proprietários de ativos (77%) relatou um interesse crescente em investimentos sustentáveis desde maio de 2020, impulsionados por pressões de clientes e investidores, mudando a opinião pública e desenvolvimentos regulatórios. 88% dos gestores de ativos e 83% dos proprietários de ativos afirmam que já implementam ou planejam implementar investimentos sustentáveis em todo ou parte de seus portfólios. Diferenças regionais também foram observadas, com a EMEA superando outras regiões até o momento, mas com os entrevistados da APAC expressando o maior interesse em expandir sua abordagem e produtos de investimentos sustentáveis nos próximos 24 meses.

Contudo, há uma lacuna entre gestores de ativos e proprietários de ativos, com três áreas principais identificadas na pesquisa:

  • Práticas e Políticas de Investimentos Sustentáveis – A maior lacuna nas práticas de investimentos sustentáveis se refere aos relatórios e divulgação de ESG (49%), com apenas 39% dos gestores de ativos relatando o impacto ESG junto com o desempenho financeiro, apesar de 88% dos proprietários de ativos dizerem que buscam gestores terceirizados que fornecem estas informações.
  • Produtos de Investimentos Sustentáveis Novos e Expandidos – 50% dos proprietários de ativos identificaram a mudança climática como sua principal prioridade temática de investimentos, enquanto apenas 33% dos gestores de ativos têm ofertas de produtos que satisfazem esta demanda. A desconexão se estende a áreas adicionais onde há uma lacuna entre os produtos ou soluções de gestão de ativos quando comparado ao interesse dos proprietários de ativos em temas como soluções de água (19%) e educação (10%).
  • Dados e Métricas de Investimentos Sustentáveis – 82% dos proprietários de ativos desejam que os gestores forneçam dados da pegada de carbono, mas apenas 63% dos gestores de ativos pesquisados oferecem estas informações. A maior lacuna reside nos gestores de fundos que fornecem dados referentes ao risco climático aos investidores, como testes de estresse e análise de cenários.

Além de revelar lacunas nas prioridades de sustentabilidade dos proprietários e gestores de ativos, a pesquisa destaca dois principais desafios para o crescimento, incluindo dados insuficientes e uma lacuna de talentos. Oito em cada dez proprietários de ativos disseram que faltam dados para medir adequadamente o impacto ambiental e social de seus investimentos, sendo que mais da metade dos investidores institucionais (57%) concorda que o investimento sustentável perde credibilidade quando os investidores não conseguem medir o impacto.

Além de revelar lacunas nas prioridades de sustentabilidade dos proprietários e gestores de ativos, a pesquisa destaca dois principais desafios para o crescimento, incluindo dados insuficientes e uma lacuna de talentos. Oito em cada dez proprietários de ativos disseram que faltam dados para medir adequadamente o impacto ambiental e social de seus investimentos, e mais da metade dos investidores institucionais (57%) concorda que o investimento sustentável perde credibilidade quando os investidores não conseguem medir o impacto.

Veja os resultados completos da pesquisa de Sinais Sustentáveis aqui.

Sobre a Morgan Stanley

A Morgan Stanley (NYSE: MS) é uma empresa líder mundial em serviços financeiros que oferece uma ampla gama de serviços bancários de investimento, títulos, gestão de patrimônio e gestão de investimentos. Com escritórios em 41 países, os funcionários da Empresa atendem clientes em todo o mundo, incluindo corporações, governos, instituições e indivíduos. Para mais informação sobre a Morgan Stanley, acesse www.morganstanley.com.

Sobre o Instituto Morgan Stanley para Investimentos Sustentáveis

O Instituto Morgan Stanley para Investimentos Sustentáveis (o Instituto) cria soluções financeiras escalonáveis que buscam oferecer retornos financeiros competitivos e, ao mesmo tempo, gerar impacto ambiental e social positivo. O Instituto cria produtos financeiros inovadores, percepções inteligentes e programas de capacitação que ajudam a maximizar o capital para criar um futuro mais sustentável. Para mais informação sobre o Instituto Morgan Stanley para Investimentos Sustentáveis, acesse www.morganstanley.com/sustainableinvesting.

Divulgações:

Este material foi preparado apenas para fins informativos e não é uma solicitação de qualquer oferta para comprar ou vender qualquer título ou outro instrumento financeiro, ou participar de qualquer estratégia de negociação. O mesmo não fornece consultoria individualizada de investimentos. Ele foi preparado sem considerar as circunstâncias financeiras individuais e os objetivos das pessoas que o recebem. Os títulos discutidos neste relatório podem não ser apropriados a todos os investidores. Não se deve presumir que as transações ou participações de títulos discutidas foram ou serão lucrativas. A Morgan Stanley recomenda que os investidores avaliem de modo independente determinados investimentos e estratégias e os estimula a buscar a orientação de um Consultor Financeiro.

As informações contidas neste material estão baseadas em dados de diversas fontes, sendo que a Morgan Stanley não faz nenhuma representação quantoàprecisão ou integridade dos dados de fontes fora da Morgan Stanley. A Morgan Stanley faz todos os esforços para usar informações confiáveis e abrangentes. Não temos obrigação de informar quando mudam as opiniões ou informações contidas no relatório.

O desempenho passado não é uma garantia ou indicativo de desempenho futuro. Os dados históricos mostrados representam o desempenho passado e não garantem resultados futuros comparáveis. Este material contém declarações prospectivas e não há garantia de que elas irão ocorrer.

Os retornos de um portfólio que consiste sobretudo em investimentos conscientes em Meio Ambiente, Social e Governança (“ESG”) podem ser menores ou maiores do que um portfólio mais diversificado ou em que as decisões são baseadas apenas em considerações de investimento. Como os critérios de ESG excluem alguns investimentos, os investidores podem não conseguir aproveitar as mesmas oportunidades ou tendências de mercado que os investidores que não usam tais critérios. A diversificação não garante lucro ou protege contra perdas em um mercado financeiro em declínio.

Investir no mercado envolve o risco de volatilidade do mercado. O valor de todos os tipos de investimentos, incluindo ações, fundos mútuos, fundos negociados em bolsa (“ETFs”) e investimentos alternativos, pode aumentar ou diminuir ao longo de vários períodos de tempo.

Um investimento em um fundo negociado em bolsa envolve riscos semelhantes aos de investir em uma carteira ampla de ações negociadas em bolsa no mercado relevante de valores mobiliários, como flutuações de mercado causadas por fatores como desenvolvimentos econômicos e políticos, mudanças nas taxas de juros e tendências percebidas nos preços das ações. O retorno do investimento e o valor principal dos investimentos em ETF irão flutuar, de modo que as ações de um investidor em ETF, se ou quando vendidas, podem valer mais ou menos do que o custo original.

Os investidores devem considerar com cuidado os objetivos e riscos de investimento, bem como encargos e despesas de um fundo mútuo / fundo negociado em bolsa antes de investir. Para obter um prospecto, entre em contato com seu Consultor Financeiro ou acesse o site da empresa de fundos. O prospecto contém esta e outras informações sobre o fundo mútuo / fundo negociado em bolsa. Leia com atenção o prospecto antes de investir.

Os títulos de capital podem flutuar em resposta a notícias sobre empresas, indústrias, condições de mercado e ambiente econômico geral. As empresas que pagam dividendos podem reduzir ou interromper os pagamentos a qualquer momento.

Devido a seu foco estreito, os investimentos setoriais tendem a ser mais voláteis do que os investimentos que se diversificam em muitos setores e empresas.

A Morgan Stanley, suas afiliadas, funcionários e seus Consultores Financeiros não fornecem consultoria tributária, contábil ou jurídica. Pessoas físicas devem consultar seu consultor tributário sobre assuntos envolvendo tributação e planejamento tributário, e seu advogado sobre assuntos envolvendo questões jurídicas.

© 2022 Morgan Stanley & Co. LLC e Morgan Stanley Smith Barney LLC. Membros SIPC. Todos os direitos reservados.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Contato de Relações com a Mídia: mediainquiries@morganstanley.com

Fonte: BUSINESS WIRE

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

01 de dezembro de 2022

Temperatura e vibrações são desafios logísticos nos transplantes de órgãos

Leia mais

01 de dezembro de 2022

ABIMAQ realiza curso voltado ao Fluxo de Caixa

Leia mais

01 de dezembro de 2022

Congresso internacional discute os desafios da educação

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.