Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

17 de novembro de 2021

Ação pede cassação de mandato de vereadora

 | Jornal Acontece

Suplente, Andreia Feijó (foto) deve assumir a vereança, caso ação prospere.

 

A primeira suplente do PT à Câmara de vereadores do Guarujá Andreia Feijó protocolou ação, nesta terça-feira (16), pedindo a cassação do mandato da vereadora Ariani da Silva. A ação se baseia no fato de que a suplente, que assumiu o cargo em maio deste ano, teve as contas de campanha desaprovadas, objeto de decisão proferida pela Justiça Eleitoral no dia 16 de abril deste ano, o que pode resultar na cassação do registro, tornando-a, por consequência, inapta para permanecer no cargo de vereadora (a decisão está sob recurso).

 

Dança das cadeiras

 

No último pleito eleitoral o PT do Guarujá reelegeu o vereador Edilson Dias. Ariane ficou na primeira suplência e Andreia ficou na segunda. Como Dias se licenciou para assumir a secretaria municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, Ariani assumiu o mandato de vereadora em maio e Andreia, passou a ser a primeira suplente.

 

Contas reprovadas

A ação sustenta que há parecer técnico e conclusivo em decisão da Justiça Eleitoral, indicando vícios insanáveis na prestação das contas eleitorais de Ariane, passível de cassação do registro. Com Edilson Dias na administração municipal, Andréia Feijó deve assumir o cargo, caso a ação protocolada nesta terça, prospere.

 

 

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

17 de novembro de 2021

Prefeito sanciona lei para distribuição gratuita de absorventes higiênicos

Leia mais

17 de novembro de 2021

Programação do Dezembro Vermelho

Leia mais

17 de novembro de 2021

Concurso ‘GUARUJÁ ILUMINADA’ vai premiar as melhores decorações natalinas

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.