Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

15 de janeiro de 2019

Arte e Cultura

Prograna Cubatão sinfonia retoma atividades com novas parcerias em 2019

Inscrições para novos alunos estarão abertas a partir de fevereiro

O Programa Cubatão Sinfonia abre inscrições para crianças e adolescentes que queiram aprender música e expressão corporal em 5 de fevereiro. Desta vez, serão oferecidas 180 vagas. Para participar, basta ter de 5 a 18 anos de idade. As aulas acontecem na sede do Programa que fica na Av. Principal, 1016, na Cota 200. A idéia é atender a criançada da comunidade e outros bairros próximos.

Em 2019, o Programa recebeu o abraço de novos apoiadores e começa o ano com fôlego novo. Juntam-se à antiga patrocinadora Copebras – CMOC International Brazil, as empresas Petrocoque e Bequisa. A parceria só foi possível por conta da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, ligada ao Ministério da Cultura. Conta ainda com apoio da Prefeitura de Cubatão.

Além do programa que ensina música e expressão corporal, a “Orquestra Cubatão Sinfonia”, um braço do primeiro projeto, também retoma as atividades este ano. Com objetivo de incentivar a continuidade do estudo da música instrumental, reúne 40 jovens talentos de Cubatão e outras cidades. Os estudantes recebem ajuda de custo e se apresentam em escolas e outros locais de fácil acesso para as comunidades. Em 2019, a Orquestra conta com patrocínio da Petrocoque e Ecorodovias, também por meio da Lei Rouanet.

“Este é um projeto sociocultural que, muito mais do que ensinar música ou expressão, dissemina a cidadania. Se conseguirmos despertar a veia artística nesses jovens, isso é ótimo. Porém o mais importante é revelar um mundo novo a essas crianças, adolescentes, jovens adultos. Despertar para o estudo, a busca por melhores condições de vida por meio da Arte e da Cultura. Nesse sentido, o apoio financeiro que recebemos é essencial”, afirma Leandro Sampaio, um dos coordenadores do Programa. Sampaio ressalta que o projeto conta com a atuação de monitores capacitados, músicos e bailarinos, além de assistente social e psicólogo.

Mais sobre o Programa – O Cubatão Sinfonia completa 11 anos de atividades ininterruptas em 2019. Realizado pela Associação de Músicos da Banda Sinfônica de Cubatão, oferece aulas de música – clarinete, flauta, saxofone, trompete, trombone, trompa, percussão, violão, cordas para orquestra, musicalização infantil, coral – e expressão corporal/dança.

As atividades são totalmente gratuitas, garantindo o acesso a toda comunidade local e entorno. Basta a criança e/ou adolescente interessado se inscrever e deverá apenas comprovar estar matriculado e frequentando o sistema público de ensino regularmente, assim como jovens maiores de 18 anos para as vagas remanescentes. Não há processo seletivo e não é necessário ter conhecimento musical ou possuir instrumento musical próprio. O programa disponibiliza instrumentos e material pedagógico para uso em aula.

Desde 2007 o Programa recebeu mais de 2 mil crianças e adolescentes, tirando-os da ociosidade no contraturno do colégio. Em 2012, o Programa foi semifinalista do Prêmio Itaú-Unicef, selecionado entre mais de 2.922 projetos de todo o País, o que lhe garantiu o selo da Unicef, o que certifica a seriedade do projeto no atendimento à criança e ao adolescente.

Orquestra Cubatão Sinfonia – É composta por 40 integrantes, divididos em naipes de cordas, sopros (madeiras e metais) e percussão. Na formação, 20% dos alunos são do Programa Cubatão Sinfonia, que participam com o intuito de que suas habilidades sejam desenvolvidas na coletividade. Outras 70% das vagas são destinadas aos demais músicos-alunos pré-avaliados de outras instituições musicais, ONGs, projetos culturais, escolas de música, conservatórios e estudo de música de forma privada. As demais, 10% das vagas, serão destinadas a alunos-músicos suplentes, que se tornam estagiários.

O objetivo é viabilizar e incentivar a continuidade do estudo da música instrumental, desmitificando as diversas áreas musicais e formalizando a união de todos os alunos que frequentam regularmente as aulas teóricas. Podem participar moradores de Cubatão e de outras cidades da região, especialmente aqueles inseridos em áreas de vulnerabilidade social. A ideia é proporcionar troca de conhecimentos, capacitando e aumentando suas perspectivas para o futuro, criando estímulos éticos e profissionais.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

15 de janeiro de 2019

Serviços de conservação no SAI continuam na próxima semana

Leia mais

15 de janeiro de 2019

Civil liberta homem de cativeiro no litoral

Leia mais

15 de janeiro de 2019

Polícia Militar Ambiental resgata Onça Pintada, serpentes e outros animais silvestres de cativeiro

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.