Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

04 de agosto de 2017

Biblioteca Cidadã

Escola da Vila Áurea recebe projeto de incentivo à leitura

Iniciativa visa melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb – das escolas da Cidade


Com o objetivo de melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) das escolas municipais, a Secretaria de Educação (Seduc) de Guarujá realizou mais uma edição do projeto “A Magia e o Encanto dos Livros”. A iniciativa, que faz parte do Projeto Biblioteca Cidadã e que já atendeu 7 mil alunos, aconteceu na Escola Municipal Angelina Daige, na Vila Áurea, em Vicente de Carvalho.
A professora Damaris de Oliveira Magalhães, que trabalha na área da Educação Infantil, há 30 anos, disse que sempre gostou de contar histórias para as crianças e, por isso, engajou-se no projeto, percorrendo as escolas do Município. “Sinto-me feliz em participar dessa iniciativa, pois estamos obtendo um retorno muito grande por parte das crianças. Com a ajuda dos outros professores, estamos mostrando a importância dos livros, da leitura no dia a dia e no crescimento delas”.
A diretora da instituição de ensino, Maria Antonieta dos Reis, conta que a escola vem tendo ótimos índices em relação ao Ideb e com esse incentivo à leitura, o objetivo não é apenas manter o alto índice, mas também proporcionar pensamentos bons. “O projeto de leitura abre caminhos para os novos conhecimentos, proporcionando ao aluno, um mundo novo e cheio de expectativas.”
Responsável pelo projeto na rede municipal de ensino, o professor Pedro Menezes afirma que além desta unidade, outras quatro receberão a atividade de incentivo neste segundo semestre, tendo como objetivo, deixar um legado em todas elas. “Até o final de outubro, nós pretendemos implantar em cada uma dessas escolas, bibliotecas e gibitecas para os alunos, como uma forma concreta de continuarmos incentivando a literatura.”
A fim de continuar melhorando o desenvolvimento da Educação, em Guarujá, o projeto percorrerá mais quatro unidades: Escola Municipal Mirian Terezinha e Afonso Nunes, em Vicente de Carvalho; Lucimara de Jesus Vicente, no Santa Rosa e Mário Cerqueira, no Perequê.
Ao final do ano, os alunos que se destacarem com a leitura de livros, terão a oportunidade de apresentar, em diversas formas, a sua evolução no que diz respeito ao entendimento das obras literárias.

 

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

04 de agosto de 2017

Usiminas é destaque em duas categorias do Prêmio Aberje 2021

Leia mais

04 de agosto de 2017

Unipar apoia projeto "Mempodera" em Cubatão

Leia mais

04 de agosto de 2017

ABM realiza webinar sobre os 50 anos do Centro de Pesquisa Usiminas

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.