Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

07 de julho de 2017

Confeitaria

Guarujaense vai representar a Cidade na maior feira da América Latina


Evento acontece entre os próximos dias  25 e 28, no Expocenter Norte, em São Paulo


Sheila Lourenço Guimarães, 41 anos e uma confeiteira de “mão cheia”. A guarujaense, que já passou por tantas dificuldades, não esperava receber uma das melhores notícias dos últimos tempos para sua área profissional.

Trata-se de um convite para ministrar uma aula de confeitaria na maior Feira da Indústria de Panificação e Confeitaria da América Latina, a FIPAN, que acontece de 25 a 28 deste mês, em São Paulo. O evento ocorrerá no Expocenter Norte e vai reunir expositores, além de grandes nomes do ramo.

Por dois anos fazendo bolos foi há cerca de um ano que passou a se especializar na área da confeitaria artística. Vivendo em Vicente de Carvalho, desde que nasceu, é casada e tem dois filhos e também prepara salgados, cupcakes, nakeds, pão de mel, trufas, entre outros produtos. Atualmente é considerada uma das melhores confeiteiras da Região e conta que não sabe de onde tirou forças para conseguir chegar aonde chegou, após a morte de sua mãe.

“Ela morreu faltando 20 dias para o meu casamento (há dois anos). Foi quando perguntei ao meu noivo se era isso mesmo o que ele queria, pois dali em diante teria que tomar conta do meu pai e do meu tio, sair do trabalho e priorizar o cuidado à família”, relatou emocionada.

Pensou que trabalharia à noite, pois assim teria o dia para cuidar dos familiares. “Infelizmente isso não aconteceu e as contas estavam chegando. Foi aí que decidi começar a fazer bolos e cheguei a vender até 40 em um mês”. Hoje, sua vida mudou e para melhor: está produzindo de 30 a 40 bolos diariamente. Na Páscoa, por exemplo, chegou a vender quase 600 ovos de chocolate.

Antes de ingressar no universo da gastronomia, Sheila atuou na área administrativa por 12 anos. E após a morte da mãe começou a buscar por cursos voltados para a confeitaria artística, porque desejava ser uma profissional diferenciada.

A moradora de Vicente de Carvalho também leciona em casa. Entre os planos futuros estão fazer mais cursos e conseguir um local maior para acompanhar sua evolução profissional. Hoje, Sheila Guimarães conta com a ajuda de mais cinco ajudantes, todas ex-alunas.

“Venho de uma família de voluntários, de doação. E acho que é por isso que coloco amor em tudo o que faço e acredito que é assim que a gente muda a vida das pessoas. Tenho alunos que até saíram da depressão. Se estarei nesta feira tenho certeza de que Deus quer que esteja lá para algum propósito”.

Fipan – A principal feira de negócios da indústria de panificação, confeitaria e de estabelecimentos que atuam no food service como restaurantes, pizzarias, lanchonetes, buffets, entre outros. Além dos mais de 300 expositores, o evento oferece aos seus 60 mil visitantes uma série de atividades voltadas à atualização, tanto na área técnica, quanto na área de aperfeiçoamento profissional, tais como palestras, performances e demonstrações de produtos. Principal evento destinado exclusivamente à confeitaria brasileira, a Feira conta com a Arena do Confeiteiro, em um projeto que une conteúdo, demonstrações e tendências.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

07 de julho de 2017

Usiminas é destaque em duas categorias do Prêmio Aberje 2021

Leia mais

07 de julho de 2017

Unipar apoia projeto "Mempodera" em Cubatão

Leia mais

07 de julho de 2017

ABM realiza webinar sobre os 50 anos do Centro de Pesquisa Usiminas

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.