Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

30 de novembro de 2018

CREAS

CADEQ capacita famílias sobre codependência

O encontro ocorreu no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Cubatão

O Centro de Apoio, Desenvolvimento e Qualificação (Cadeq) de Cubatão participou nesta quinta (29) de uma roda de conversa com famílias de jovens sob medidas socioeducativas com o tema “Codependência – necessidades de observação”. O encontro, promovido pela Secretaria de Assistência Social (Semas) por meio Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) ocorreu na sede do Centro, na rua Salgado Filho, 227, no Jardim Costa e Silva.

A reunião foi conduzida pelo diretor presidente do Cadeq, Severino Correia (Sivuca), e pela assistente social da entidade, Odete do Carmo. Na ocasião, foi abordada a questão da codependência que é um termo usado na área de saúde para descrever o comportamento de pessoas fortemente ligadas emocionalmente a outras que, geralmente, estão enfrentando um problema. Por conta disso, desenvolvem uma dependência psicológica que faz com que deixem de viver a própria vida para viver a do outro. Esta condição torna os codependentes pessoas inseguras, controladoras, fragilizadas e infelizes.

Ajuda – Na ocasião, Sivuca, que também é terapeuta em dependência química, afirmou a importância de buscar ajuda especializada para enfrentar este problema. “Somente nos fortalecendo é que vamos ter condições de ajudar outras pessoas que passam por algum problema”, disse. Esta ajuda é feita por meio de sessões com psicólogos e em grupos de autoajuda que trabalham com a questão. Segundo Sivuca, “entre as mudanças pretendidas no comportamento, a principal é que o codepedente passe a ser amar, a se considerar como a pessoa mais importante na vida e, desta forma, se fortaleça para, aí sim, ajudar o outro”.

As dinâmicas com as famílias fazem parte do plano de trabalho das equipes do Creas de Cubatão sob coordenação da chefe de serviço de Atenção à Criança e ao Adolescente Celeide Silva e visa capacitar estas pessoas atendidas pelo órgão a lidar com inter-relações pessoais entre os membros da família, buscando cessar ou amenizar atitudes e/ou ações destrutivas que prejudiquem a convivência familiar. Celeide destaca que hoje o Creas realiza este tipo de atendimento com uma equipe multidisciplinar, composta por assistência jurídica, atendimento social, orientadores sociais e psicólogos.

O encontro realizado pelo Cadeq faz parte do projeto “Conhecimento para Vencer” que buscar levar informações sobre assuntos como a dependência química e a codependência. O projeto é desenvolvido em escolas, empresas, clínicas de recuperação, clubes de servir, associações em geral e outros interessados em conhecer sobre o assunto, visando, principalmente, a prevenção e tratamento destas doenças.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

30 de novembro de 2018

Preso homem que estuprou filha de 11 anos

Leia mais

30 de novembro de 2018

Espetáculo sobre Anita Malfatti circulará pela Baixada Santista

Leia mais

30 de novembro de 2018

260 mil veículos devem descer durante o feriado

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.