Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

16 de julho de 2019

Dívida bruta

Usiminas dá novo passo na reestruturação de dívida

A Usiminas concluiu nessa quinta (11) o processo de precificação de títulos representativos de sua dívida (notes) a serem emitidos no exterior no valor de US$ 750 milhões. Os títulos terão juros de 5,875% ao ano, a um preço de emissão de 98,594% do montante principal, com rendimento aos investidores de 6,125% ao ano. A liquidação da oferta está prevista para ocorrer no próximo dia 18 de julho.

Conforme o presidente da Usiminas, Sergio Leite, a operação é mais um avanço importante para a empresa, que está adequando seu perfil de endividamento às perspectivas de curto, médio e longo prazo, preservando as capacidades financeira e operacional da Usiminas. “Estamos readequando nosso endividamento, optando por um formato mais vantajoso, garantindo, principalmente, o alongamento do perfil da nossa dívida e elevando a flexibilidade financeira da companhia. Esse é mais um passo na busca pela perenidade da Usiminas”, afirma Leite.

A dívida bruta consolidada da Usiminas em 31/03/19 era de R$ 5,5 bilhões. Com os recursos da emissão, a companhia tem como objetivo realizar o pré-pagamento integral de seus débitos junto ao BNDES e aos credores japoneses, além do pré-pagamento parcial de sua dívida junto aos debenturistas.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

16 de julho de 2019

Usiminas é destaque em duas categorias do Prêmio Aberje 2021

Leia mais

16 de julho de 2019

Unipar apoia projeto "Mempodera" em Cubatão

Leia mais

16 de julho de 2019

ABM realiza webinar sobre os 50 anos do Centro de Pesquisa Usiminas

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.