Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

09 de junho de 2017

Educação

Guarujá revela “suas histórias, suas memórias” por meio de projeto na rede escolar


Iniciativa é uma realização da Secretaria de Educação, através das coordenadorias de História e Artes

Conhecer sua cidade, seu local de origem através da sua história e da arte. Esse é o objetivo do Projeto “Guarujá: suas Histórias, suas Memórias”, que a Prefeitura desenvolve em 15 escolas de ensino fundamental II da rede municipal, até o final deste semestre. A iniciativa é da Secretaria de Educação.

Na Escola Municipal Dirce Valério Gracia (Jardim Tejereba), por exemplo, há uma exposição com fotos, desenhos e reproduções antigas que vão desde o mapa de Guarujá até o fusca do cantor Roberto Carlos. Todos os materiais remontam aos anos 60 e retratados numa versão psicodélica.

Ainda na unidade, os estudantes encenaram um festival de música fazendo uma verdadeira viagem a 1965, trazendo interpretações de Elis Regina, Jair Rodrigues, e de estrelas da Jovem Guarda como Ronnie Von e do Rei Roberto Carlos. Interpretando Elis Regina, a aluna Caren Maria dos Santos Maurício, 14 anos, falou que o evento foi de muito aprendizado. “Foi uma experiência bem divertida, já que a Elis foi uma cantora simpática e alegre, com a cara do nosso País”, contou.

O projeto na escola foi coordenado pelas professoras Rosa Maria Ferreira de Freitas e Monica Damasceno, sendo o festival escolar baseado no livro: “A Era dos Festivais: Uma Parábola” (já que Guarujá recebeu a primeira eliminatória do Festival de Música de 1965). Segundo explica a historiadora Monica, para esta apresentação musical, os alunos se inspiraram em vídeos de filhos dos grandes nomes da música popular brasileira (MPB) como Elis Regina e Jair Rodrigues. “Ao mostrar Maria Rita e Jairzinho, por exemplo, a nossa ideia é de sintonizar o ontem e o hoje aos nossos alunos”, relatou.

Para a coordenadora de História da Secretaria de Educação, Carla Vanessa de Oliveira Matos, o Projeto foi criado para “trazer o conhecimento e o saber por meio da arte. Para isso, os professores passaram por formação, selecionaram trabalhos, e 1.200 alunos foram contemplados com visitas ao Forte dos Andradas e Fortaleza da Barra.

Sobre o Projeto – Trata-se de um projeto interdisciplinar que visa promover o resgate das memórias históricas e da valorização da cultura de Guarujá, possibilitando a busca da identidade cidadã dos alunos da rede municipal como partícipes da sociedade de maneira atuante e crítica, que compreende o passado, e que colabora na construção do futuro.

Desenvolvido neste semestre envolvendo as disciplinas de História e Arte, podendo ainda, envolver outras áreas do conhecimento. No próximo dia 27, a Secretaria de Educação promove a apresentação de alguns dos trabalhos selecionados, no Teatro Procópio Ferreira, em comemoração ao aniversário da emancipação-política da Cidade (dia 30 de junho).

Programação das mostras nas escolas:

12/06 – EM Lucimara de Jesus Vicente e ENM Gladston Jafet
13/06 – EM Francisco Figueiredo
14/06 – EM Maria Aparecida Araújo
19/06 – EM Benedito Cláudio
20/06 – EM Lúcia Flora e EM Vereador Ary da Silva Souza
21/06 – EM Professora Maria Aparecida Ramos Camargo e EM Ivonete da Silva Câmara
22/06 – EM Benedicta Blac e EM 1º de Maio

As escolas Sérgio Pereira, Paulo Freire, Dirce Valério e Napoleão Laureano já realizaram o Projeto.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

09 de junho de 2017

Usiminas é destaque em duas categorias do Prêmio Aberje 2021

Leia mais

09 de junho de 2017

Unipar apoia projeto "Mempodera" em Cubatão

Leia mais

09 de junho de 2017

ABM realiza webinar sobre os 50 anos do Centro de Pesquisa Usiminas

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.