Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

19 de setembro de 2017

Educação Inclusiva

Educação inclusiva norteia nova metodologia aplicada em Cubatão

Do Instituto Rodrigo Mendes, o Diversa Presencial será mediado pela Seduc

Como assegurar no espaço escolar uma Educação Inclusiva de qualidade? Tal questionamento é o mote de uma atividade formativa realizada pela Secretaria da Educação neste segundo semestre. Trata-se do projeto Diversa Presencial do Instituto Rodrigo Mendes, entidade sem fins lucrativos que planeja ferramentas e práticas para qualificar escolas públicas a vivenciar a inclusão educacional.
Para replicar a metodologia do projeto em Cubatão, a Seduc organizou encontros semanais a partir desta quarta-feira (dia 20) com profissionais da rede. Nesse semestre foram convidados docentes, gestores e profissionais da UME Almerinda Monteiro de Carvalho e UME Antonio Ortega Domingues (ambas do Jardim Casqueiro). As rodas de conversa serão mediadas pelos chefes de serviço de Educação Especial e Ensino Fundamental e Médio, respectivamente Denise da Quinta e Heraldo Vicente.
Além deles, os chefes de serviço Fernando Bezerra Espíndola (Educação de Jovens e Adultos), Jovinalda Lunguinho (Educação Pré-Escolar), Rosilda Dantas (Educação Infantil) e as professoras Giselle Nascimento e Solange Dias completam a equipe da Seduc.
No auditório da Biblioteca Central, o grupo de participantes refletirá e estudará casos e situações do cotidiano escolar coletivamente. A equipe da Seduc entende que a compreensão dessas experiências pontuais nas duas unidades pode servir de referência para o alinhamento e a qualificação de práticas educacionais em toda a rede municipal.
Ressalta-se que o Diversa Presencial já é uma proposta formativa reconhecida e vivenciada por outros municípios, como nas redes públicas de Cruzeiro, Ferraz de Vasconcelos, Ibiúna, Itaquaquecetuba, Peruíbe, Poá, Santo André, Santos e São Bernardo do Campo. O planejamento e a preparação dessa formação estão sendo realizados desde julho pela equipe da Seduc, que acompanhou o desenvolvimento da metodologia por meio de encontros presenciais e participou de reuniões com Patricia Brito e Liliane Garcez, respectivamente a mediadora e a coordenadora do Diversa Presencial pelo Instituto Rodrigo Mendes.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

19 de setembro de 2017

Mais de 40º no lombo. Dá pra encarar?

Leia mais

19 de setembro de 2017

Poupatempo realiza neste sábado (29) o terceiro dia de mutirão para renovação de CNH

Leia mais

19 de setembro de 2017

Uvebs promove Fórum Regional de Educação: Desafios Durante a Pandemia

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.