Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

23 de outubro de 2017

Eleições na Argentina

‘Cambiemos’, coalizão do presidente Macri, vence legislativas de meio mandato

A coalizão Cambiemos, do presidente da Argentina, Mauricio Macri, ganhou as eleições legislativas argentinas de meio mandato realizadas neste domingo, com vitórias nas cinco maiores províncias do país, segundo os primeiros resultados oficiais.

Com cerca de 70% das urnas apuradas, as listas macristas ganhavam das do kirchnerismo (peronismo de centro-esquerda) em 15 das 23 províncias, entre elas Buenos Aires, Córdoba, Mendoza, Santa Fe e o distrito federal da capital.

Na província de Buenos Aires, provincia que concentra quase 40% dos eleitores, o candidato do Cambiemos ao Senado, Esteban Bullrich, obtinha 42% dos votos, contra 36% da ex-presidente e principal opositora Cristina Kirchner, do partido Unidad Ciudadana, segundo os resultados parciais.

A ex-presidente, peronista de centro-esquerda, pode conseguir, desse modo, um dos três assentos em jogo na Câmara Alta, obtendo assim imunidade parlamentar, em um momento em que é acusada de corrupção.

Um total de 78% dos 33,1 milhões de eleitores votaram para renovar a metade dos 257 assentos da Câmara de Deputados e um terço dos 72 assentos do Senado. “As pessoas puderam se expressar em uma jornada democrática sem quase nenhum sobressalto”, assegurou o chefe de Gabinete, Marcos Peña, em coletiva de imprensa.

Com este resultado, Macri pode aprofundar as reformas liberais e pró-mercado que impulsa com o objetivo de recuperar a economia do país.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

23 de outubro de 2017

PAT de São Vicente tem 16 oportunidades de emprego

Leia mais

23 de outubro de 2017

“Programa Usiminas de Fortalecimento Social” oferece capacitação gratuita

Leia mais

23 de outubro de 2017

Vila Criativa em Santos oferece cursos para promoção de bem-estar

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.