Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

20 de outubro de 2017

EM Jacirema

Alunos do EJA em Guarujá recebem orientações sobre educação financeira e direitos do consumidor

Escola Municipal Jacirema dos Santos Fontes, no Morrinhos, foi a primeira Unidade a receber a iniciativa da Fundação Procon-SP, em parceria com o Procon Guarujá

Cerca de 100 alunos do Educação para Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Jacirema dos Santos Fontes (Rua Daniel Matos da Silva, 63 – Morrinhos I) receberam nesta quinta-feira (19), o Projeto: “Educação para o Consumo”. De iniciativa da Fundação Procon-SP, a ação aconteceu em parceria com o Procon Guarujá e deve prosseguir em demais escolas da rede municipal.
Na ocasião, o fiscal e técnico da Fundação, Naldo José Alves Filho, ministrou palestra sobre os direitos básicos do consumidor. O Código de Defesa do Consumidor (CDC), lei da entrega, compras feitas fora dos estabelecimentos comerciais, cuidados com documentação (nota fiscal, etc) e como proceder quando o produto apresenta problemas (ou vício), e prazo de validade, foram alguns itens destacados.
Já o coordenador do Procon Guarujá, Sérgio Cavalcante, falou dos procedimentos necessários para atendimentos ao consumidor. “Um dos estudantes falou que comprou um colchão, que precisou ser trocado, e a nota fiscal veio com valor diferente. Por isso, o consumidor precisa guardar a nota fiscal e até pedir ressarcimento”.
A atividade foi bastante positiva, avaliou o diretor do Procon Guarujá, Beto Feijó. “Estamos iniciando um ciclo de palestras para levar orientação e informação junto às escolas da Cidade. Fico contente em trocar experiências, pois nosso objetivo é abordar pontos importantes envolvendo os direitos do consumidor e ainda, noções de educação financeira”.
Ainda sobre este último, ele enfatiza a necessidade do tema tendo em vista que o Brasil possui entre 55 e 60 milhões de pessoas que estão negativas nos órgãos de proteção ao consumidor. “Ao multiplicarmos esse dado por quatro, chega a 240 milhões. Ou seja, quase toda família no País tem alguém negativo. Por isso, a importância da iniciativa”.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

20 de outubro de 2017

Contribuição da indústria de Cubatão para a criação de empregos formais

Leia mais

20 de outubro de 2017

CIDE, CIESP E APELL de Cubatão promovem capacitação em parceria com a CETESB

Leia mais

20 de outubro de 2017

CIDE CIESP de Cubatão participa da Campanha Inverno Solidário

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.