Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

05 de julho de 2017

Julho Amarelo

Campanha alerta para prevenção das hepatites virais

Vacinas contra hepatites A e B estão disponíveis, gratuitamente na rede pública de saúde de Guarujá

O uso das cores para alertar a respeito das campanhas de promoção à saúde já se tornou habitual e, no mêsde julho, a cor da vez é o amarelo. O alerta do ‘Julho Amarelo’ sinaliza o mês de prevenção e combate às hepatites virais, cujo próximo dia 28 é o Dia Mundial de Combate às Hepatites.  A doença é silenciosa e acomete muita gente.

A rede pública de Saúde disponibiliza testes gratuitos para hepatites B e C. Em Guarujá os testes podem ser realizados, gratuitamente no Centro de Testagem, Aconselhamento, Prevenção e Treinamento (CTAP) – Rua Quinto Bertoldi, 27, Vila Maia/Centro – telefone (13) 3352-2666.

Já a vacina para hepatite B está disponível em mais de 60 mil postos de Saúde em todo o país e é aplicada em três doses (um mês depois da primeira toma-se a segunda dose e seis meses depois da primeira toma-se a terceira e última dose). Não existe vacina para hepatite C, mas o tratamento é disponibilizado pelo SUS, com índice de cura superior a 90%.

Em Guarujá, a vacina contra hepatite B está disponível para crianças e adultos em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Saúde da Família (Usafas). A vacina contra Hepatite A está disponível para crianças de 15 meses até menores de 5 anos, nos mesmos locais.

O Ministério da Saúde estima que cerca de três milhões de brasileiros sejam portadores da hepatite C, por exemplo, que é uma inflamação do fígado, causada pela infecção adquirida pelo vírus da hepatite C (VHC ou HCV), transmitido por meio do contato com sangue contaminado.

Essa inflamação ocorre na maioria das pessoas que adquire o vírus e, dependendo da intensidade e tempo de duração, pode evoluir para outras doenças como a cirrose e câncer do fígado.

A prevenção das hepatites virais pode ser realizada por meio de vacina, além de cuidados que devem ser observados no dia a dia. Uma das formas de prevenção é evitar contato com sangue: não compartilhe alicates de unhas, lâminas de barbear e depilar, escovas de dentes ou qualquer outro objeto perfurante ou cortante. O uso de preservativos também é fundamental pois a hepatite C é também transmitida por meio da prática sexual.

 

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

05 de julho de 2017

Exercício de simulado é realizado pelo PAM na empresa Ipiranga

Leia mais

05 de julho de 2017

Unipar anuncia doação de 5 mil cestas básicas para famílias vítimas das enchentes na Bahia

Leia mais

05 de julho de 2017

Usiminas investe em fontes de energia limpa e inicia testes com ônibus elétrico

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.