Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

05 de julho de 2017

Julho Amarelo

Campanha alerta para prevenção das hepatites virais

Vacinas contra hepatites A e B estão disponíveis, gratuitamente na rede pública de saúde de Guarujá

O uso das cores para alertar a respeito das campanhas de promoção à saúde já se tornou habitual e, no mêsde julho, a cor da vez é o amarelo. O alerta do ‘Julho Amarelo’ sinaliza o mês de prevenção e combate às hepatites virais, cujo próximo dia 28 é o Dia Mundial de Combate às Hepatites.  A doença é silenciosa e acomete muita gente.

A rede pública de Saúde disponibiliza testes gratuitos para hepatites B e C. Em Guarujá os testes podem ser realizados, gratuitamente no Centro de Testagem, Aconselhamento, Prevenção e Treinamento (CTAP) – Rua Quinto Bertoldi, 27, Vila Maia/Centro – telefone (13) 3352-2666.

Já a vacina para hepatite B está disponível em mais de 60 mil postos de Saúde em todo o país e é aplicada em três doses (um mês depois da primeira toma-se a segunda dose e seis meses depois da primeira toma-se a terceira e última dose). Não existe vacina para hepatite C, mas o tratamento é disponibilizado pelo SUS, com índice de cura superior a 90%.

Em Guarujá, a vacina contra hepatite B está disponível para crianças e adultos em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Saúde da Família (Usafas). A vacina contra Hepatite A está disponível para crianças de 15 meses até menores de 5 anos, nos mesmos locais.

O Ministério da Saúde estima que cerca de três milhões de brasileiros sejam portadores da hepatite C, por exemplo, que é uma inflamação do fígado, causada pela infecção adquirida pelo vírus da hepatite C (VHC ou HCV), transmitido por meio do contato com sangue contaminado.

Essa inflamação ocorre na maioria das pessoas que adquire o vírus e, dependendo da intensidade e tempo de duração, pode evoluir para outras doenças como a cirrose e câncer do fígado.

A prevenção das hepatites virais pode ser realizada por meio de vacina, além de cuidados que devem ser observados no dia a dia. Uma das formas de prevenção é evitar contato com sangue: não compartilhe alicates de unhas, lâminas de barbear e depilar, escovas de dentes ou qualquer outro objeto perfurante ou cortante. O uso de preservativos também é fundamental pois a hepatite C é também transmitida por meio da prática sexual.

 

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

05 de julho de 2017

Unipar e CCC anunciam finalistas de Concurso de Meio Ambiente em Cubatão

Leia mais

05 de julho de 2017

Usiminas encerra segundo trimestre do ano com resultado recorde

Leia mais

05 de julho de 2017

Unipar investe R$ 3 milhões em projetos que devem impactar mais de 12 mil pessoas

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.