Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

05 de janeiro de 2022

Mutirão vistoria imóveis e elimina focos com larvas do Aedes

 | Jornal Acontece

O primeiro mutirão contra o mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika e febre amarela urbana realizado pela Prefeitura neste ano, foi concluído nesta quarta-feira (5) com a eliminação de 60 focos com larvas do Aedes aegypti no bairro Aparecida. 

 

 

A Secretaria de Saúde de Santos foi a campo com 87 agentes que vistoriaram 3.038 imóveis. Os focos com larvas foram encontrados em baldes, regadores, ralos externos, em uma caixa d’água, pratos de vasos com planta e em sucatas.

 

A chefe técnica da Seção de Controle de Vetores, Ana Paula Favoreto, explica que os agentes percorreram toda extensão do bairro, com exceção de um hipermercado, um shopping e da sede do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Aparecida, porque esses são considerados imóveis especiais, sendo submetidos a outro cronograma de monitoramento. O jardim da praia, entre os canais 5 e 6, também passou pela varredura dos agentes de vetores.

 

O trabalho também foi acompanhado por um grupo de 25 funcionários da empresa responsável pela limpeza urbana de Santos, porque foi providenciado o descarte de material considerado inservível, como garrafas, baldes, louças velhas (como vasos sanitários, por exemplo) e outros.

 

“O foco, além de vistoriar principalmente apartamentos de temporada, foi verificar áreas como garagens, subsolos, ralos, áreas de lazer e piscinas”, detalha Ana Paula Favoreto.

Além de identificar os focos com larvas do Aedes aegypti, os agentes também dão orientações aos moradores e responsáveis por pontos comerciais. Uma delas: escovar as laterais dos ralos. Isso porque, normalmente, somente é feita a limpeza desses espaços com cloro e sal grosso. “Mas é nas laterais dos ralos que as fêmeas depositam os ovos”.

 

 

A realização de mutirões no verão é intensificada pela união de dois fatores: calor e chuva, que contribuem com a redução do tempo para o nascimento do Aedes aegypti.

 

Os próximos bairros a receberem o mutirão são Boqueirão (dia 12), Embaré (dia 19) e Pompeia/José Menino (25). No ano passado, em nove mutirões, foram eliminados 855 focos com larvas do mosquito.

 

O classificador de café Nilton Ribeiro reconhece a importância do trabalho dos agentes que vistoriaram sua casa na manhã desta quarta-feira (5). “Eles atuam também na conscientização dos moradores”.
A casa da engenheira química Luciene Dias tem vários vasos com plantas na entrada. Ela recebeu os agentes pela manhã e foi orientada a colocar areia junto aos vasos. “Recebemos esse tipo de visita com frequência. É muito importante o trabalho deles”.

 

Foto: Isabela Carrari / PMS
Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

05 de janeiro de 2022

Comece a pensar na programação de sábado. Centro Histórico é a dica

Leia mais

05 de janeiro de 2022

Nutricionista dá dicas para uma alimentação adequada no verão

Leia mais

05 de janeiro de 2022

Aberta inscrições para concurso público para professores

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.