Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

15 de abril de 2021

PAM de Cubatão comemora 43 anos em encontro virtual

 | Jornal Acontece

Cerca de 50 participantes participaram do encontro por meio de videoconferência

O Plano de Auxílio Mútuo (PAM) de Cubatão reuniu membros e antigos integrantes no último dia 31 para celebrar seu 43° aniversário. Devido às medidas restritivas para encontros presenciais, impostas pela pandemia do covid-19, o evento foi virtual e contou com cerca de 50 participantes.

Além dos profissionais representantes das indústrias, estiveram presentes o diretor executivo do Cide, Ricardo Salgado, o diretor titular do Ciesp Cubatão, Raul Elias Pinto, o tenente da Defesa Civil do Estado de São Paulo, Matheus Roncatto, o capitão PM e comandante do 2 Subgrupamento de Bombeiros de Cubatão, Thiago Duarte, e demais autoridades.

O tema Segurança: principais desafios do pronto atendimento foi explanado por convidados especialistas no segmento. O bate-papo foi iniciado pelo coronel PM da Reserva e ex-comandante do 6° Grupamento de Bombeiros, Eduardo Nocetti, que resgatou um pouco do histórico das atividades do PAM no município e a integração com o Corpo de Bombeiros na região. “Na época, a criação do PAM foi muito importante para ressaltar a necessidade do espírito de ajuda mútua. A gente pôde aprender muita coisa com grandes profissionais, o que gerou na corporação uma filosofia de colaboração”.

O consultor técnico na Ambipar, João Carlos, o Chuca, compartilhou sua experiência com outros PAMs do Brasil e a busca pela atualização de técnicas e instrumentos para um melhor atendimento. “Os primeiros cinco minutos são mais importantes que as próximas cinco horas. É de extrema importância contar com um grupo capacitado como o PAM nas situações urgentes”.

Manuel Dubra, consultor técnico do Projeto do Projeto APELL de Cubatão, enfatizou a relação entre a atuação do PAM e a resiliência da sociedade civil. “O PAM tem uma história de 43 anos muito bem vividos com apoio das empresas do Polo. Desde 1995, o Projeto APELL, quando ainda era idealizado, já fazia parte da pauta do grupo. O PAM tem contribuído muito com informações para os processos do APELL. Estamos com muita força na implantação do programa junto à comunidade”.

Pioneiro no Brasil, o PAM de Cubatão é composto por membros altamente capacitados das indústrias, que contam com recursos, estrutura e meios de comunicação para o acionamento rápido e atuação eficaz no combate ou controle de ocorrências de qualquer natureza que possam colocar, individual ou coletivamente, em risco a vida humana, o patrimônio público ou privado e o meio ambiente no Polo Industrial de Cubatão e região. Idealizado na década de 50, o grupo teve a formalização de seu primeiro estatuto e manual de atuação em 31 de março de 1978.

Atualmente, conta com a participação de mais de 20 empresas associadas ao Cide e Ciesp Cubatão, além de ter a integração de órgãos públicos e instituições convidadas. A coordenação é composta por Sandro Picirillo (Usiminas) e Renan Vieira (Yara Brasil).

“O PAM permanece como um grupo ativo e comprometido com soluções que contribuem para o bem-estar da população ao redor das indústrias. Não tivemos a oportunidade de nos reunirmos no ano passado, pois coincidiu com o início na pandemia e restrições no País, mas buscamos trazer este encontro em um formato online e com uma conversa de qualidade com pessoas de renome em segurança”, comenta Picirillo.

Confira a reunião na íntegra em: youtu.be/jO8ceLjI4pc

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

15 de abril de 2021

Mosaic Fertilizantes relança website

Leia mais

15 de abril de 2021

Terceirizada da Petrobras não paga operários e greve continua

Leia mais

15 de abril de 2021

Unipar anuncia novas doações e reforça compromisso e apoio à sociedade

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.