Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

19 de outubro de 2021

Preso acusado de torturar enteada morta em Guarujá

 | Jornal Acontece

Na tarde de hoje (19), policiais civis da Delegacia de Polícia Sede de Guarujá prenderam um homem de 32 anos, padrasto da menina (11 anos) morta no dia 24 de agosto, no bairro Cachoeira.

A mãe da criança (33 anos) já estava presa por homicídio qualificado pela tortura. Constantemente a autora espancava a vítima, praticando inúmeras sessões de torturas que resultaram na morte da menina.

As investigações também apontaram a participação do padrasto nas agressões praticadas contra a vítima. As ações eram gravadas, confirmando a participação do ex-namorado da genitora nos crimes. Em depoimento, ele afirmou bater nas mãos da criança com uma colher de ferro.

Em cumprimento ao mandado de prisão preventiva, os policiais o localizaram em sua residência na Rua Joel Nascimento dos Santos, no Jardim Santo Amaro.

Ele foi encaminhado à Cadeia Pública anexa ao Primeiro Distrito Policial de Guarujá, onde permanecerá recolhido em cela separada, tendo em vista a repercussão do delito, permanecendo à disposição da Justiça.

 

 

Assessoria de Imprensa – Polícia Civil (Deinter-6)
Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

19 de outubro de 2021

Incêndio atinge o Terminal Pesqueiro de Santos

Leia mais

19 de outubro de 2021

Pai e filho são presos por tráfico de drogas em Santos

Leia mais

19 de outubro de 2021

Adolescente esfaqueia colega de classe em escola de Cubatão

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.