Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

12 de março de 2018

Primeiro lugar

Guarujá se destaca no Estado com maior número de público nas sessões de cinema

Entre todos os municípios que são Ponto MIS, Cidade ficou em primeiro lugar; Informação é do Museu da Imagem e do Som (MIS)

Guarujá se destacou dentre todas as cidades do estado de São Paulo que são Ponto MIS, ficando em 1º lugar, durante o ano de 2017, com o maior número de publico diário nas sessões de cinema. A informação foi divulgada pelo Museu da Imagem e do Som (MIS), que coordena o Ponto MIS.

No mês de julho, durante as férias; e na Semana da Criança, em outubro, a Cidade alcançou a média de 1.400 espectadores por dia, chegando a receber  nesses dois meses (julho e outubro) um público de 5.600 pessoas. Nos outros meses, a média mensal foi de 950 espectadores.

Com uma seleção especial de filmes e atividades como oficinas e palestras, o programa Ponto Mis é uma parceria entre o Museu da Imagem e do Som (Mis-SP) e o Município, por meio da Secretaria de Cultura (Secult). As sessões de cinema gratuitas acontecem no Teatro Municipal Procópio Ferreira, sempre às segundas-feiras, a partir das 14 horas.

Para o secretário de Cultura de Guarujá, Paulo Roberto Fiorotto, o sucesso se deve à seriedade com que o programa foi executado na Cidade. “Sabemos da importância do Município em ser contemplado com o Ponto MIS. E assim, adotamos uma data em que o Teatro, costumeiramente, não tem público e a utilizamos em prol do acesso ao cinema”, ressalta Fiorotto, lembrando que dessa forma Guarujá pode comemorar o amplo acesso que deu à população ao cinema e à sala de teatro.

Programação

De acordo com a produtora do Ponto Mis em Guarujá, Fabíola Cavalcanti, as sessões de filmes do programa voltam no final deste mês ao Procópio e as palestras e oficinas, em abril.

A novidade, segundo ela é que também a partir de abril, o MIS começará a funcionar com sessões itinerantes de cinema pelas comunidades, escolas e, inclusive, na Fortaleza da Barra Grande, já que uma das principais linhas de atuação é levar as ações para outros centros. “Já estamos organizando toda essa programação em Guarujá junto à Secult, que será consolidada no mês de abril”, garante a produtora.

Além das sessões de filmes, a ação conta também com oficinas de audiovisual, fotografia e rodas de conversa com diretores, atores e equipes técnicas das obras exibidas, que acontecem a cada dois meses. Todas essas atividades também são gratuitas

Atualmente, o programa atende 120 municípios em todas as regiões administrativas do Estado de São Paulo, e desde sua criação, em 2011, já contou com mais de 500 mil espectadores de filmes e 50 mil participantes de oficinas.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

12 de março de 2018

Segunda edição da Unipar Run registra recorde de público e arrecada três toneladas de alimentos não perecíveis

Leia mais

12 de março de 2018

Braskem apoia programa Emprega Mais em Cubatão

Leia mais

12 de março de 2018

Lucro da Usiminas no terceiro trimestre é de R$ 1,8 bi

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.