Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

29 de junho de 2017

Programa Musical

PROGRAMA BEC APRESENTA MAIS UMA EDIÇÃO DA “TARDE MUSICAL” NESTE SÁBADO (1º)

 Apresentações das bandas, orquestra, musicalização infantil e demais grupos acontece no Bloco Cultural da cidade

Os jovens talentos do Programa Banda Escola de Cubatão – bec se apresentam neste fim de semana, em mais uma edição do Projeto “Tarde Musical”, que reúne os alunos em audições musicais. Será no sábado (1º/7), às 15h, no Bloco Cultural (Praça dos Emancipadores, s/nº). A entrada é franca.

Esse tipo de apresentação funciona como um teste de fim de semestres para os estudantes. Ao mesmo tempo em que eles têm um primeiro contato com a plateia – geralmente formada por parentes, amigos e colegas de música, os monitores encontram uma oportundiade de avaliar os alunos.

Nesta tarde se apresenta o Quinteto de Cordas interpretando o “Tema de E.T.”, de John Williams, com regência de Alessandro Cunha; a Camerata de Violões com “Beat it”, de Michael Jackson, e “Eu sei que vou te amar”, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, com direção de Gustavo Albuquerque; o Coral do Programa BEC preparou a música “Trem bala”, de Ana Vilela, sob coordenação de Cilene Nogueira. A criançada da Musicalização Infantil mostrará todo seu talento com “Asa branca”, de Luiz Gonzaga, e o tema da Nona Sinfonia de Beethoven, dirigidas por Alessandro Ribeiro Inácio.

Já a Banda Escola de Cubatão, com regência de Germano Blume Neto, levará um repertório refinado com um trecho de “Carmina Burana”, de Carl Orff, e grandes temas da banda de rock Queen, com arranjo de Peter Kleine Schaars. Já a Orquestra de Cordas, sob o comando de Sérgio Wisbeck e Rubens Mattos, apresentará o 1º movimento de “Quatro Estações”, de Antonio Vivaldi, e “Carrigfergus”, de Antoni O´Breskey.

A Banda Acadêmica do BEC, formada pelos alunos mais avançados, com regência do maestro Ulysses Damacena, traz em seu repertório “Jubilance”, de James Suaringers e “Canzona for band”, de Philip Gordon. “É muito importante para o jovem artista sair da escola de música e apresentar sua arte em público. Quebra barreiras e desperta o estudante para o compromisso com a excelência”, afirma Germano Blume Neto, coordenador geral do Programa BEC.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

29 de junho de 2017

Anúncio de 1.000 cursos oferecidos pela Prefeitura de São Vicente nas redes sociais é golpe

Leia mais

29 de junho de 2017

Megadeth lança videoclipe gravado na Plataforma de Pesca de Mongaguá

Leia mais

29 de junho de 2017

Preso homem que estuprou filha de 11 anos

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.