Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

Jornal Acontece

24 de janeiro de 2022

Secult abre inscrições para oficinas de teatro

 | Jornal Acontece
Aulas são gratuitas e começam em 7 de março no Parque Anilinas para crianças, jovens e adultos
 
 

A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) abre inscrições para três oficinas de teatro de 24 de janeiro a 24 de fevereiro para crianças (a partir de 7 anos), jovens e adultos. O início das aulas está previsto para 7 de março na sala 2 do piso superior do Parque Anilinas (Av. Nove de Abril, s/n° – Centro). As turmas serão divididas por faixa etária e modalidade. No total, serão 15 vagas por turma, totalizando 90 vagas. As aulas serão ministradas pela servidora e atriz Vanessa Souza.

 

Totalmente gratuitas, as oficinas têm duração de nove meses e, no final, os alunos apresentam o resultado do aprendizado em uma mostra de espetáculos.

 

Vale ressaltar que os protocolos contra a covid-19 continuam: uso obrigatório de máscara cobrindo nariz e boca, higienização das mãos e distanciamento social.

 

As inscrições ocorrem de forma on-line. Seguem abaixo o formulário eletrônico e informações das oficinas:

 

Oficina de Iniciação Infantil (7 a 12 anos)

A partir de 7 de março

Segundas-feiras –  manhã das 9h às 11h; tarde das 14h às 16h

Formulário para inscrições – https://forms.gle/fovZRbmq8Z6fsMHV7

Sobre: Esta oficina propõe a experiência teatral a partir da vivência de jogos e exercícios cênicos baseados no método desenvolvido pela autora e diretora de teatro Viola Spolin, que estimulam a criatividade e a interpretação. Serão trabalhados jogos de improvisações, dramatização, exercícios corporais e vocais, criações de cena e personagens no intuito de promover a sensibilização cênica da criança. Ao longo da oficina são criadas cenas teatrais que servirão de base para a apresentação de final de ano.

 

 

Oficina de Criação e Pesquisa Teatral (13 a 21 anos)

A partir de 7 de março

Terças-feiras – manhã – das 9h às 11h30; tarde – das 14h às 16h30

Formulário para inscrições – https://forms.gle/V2ZFCTNMwo24k9jA7

Sobre: é destinada ao público com interesse na investigação das diversas áreas das artes cênicas e no processo colaborativo de criação, numa atitude autoral e participativa na atuação, dramaturgia e direção visando a uma linguagem coletiva no intuito de questionar os paradigmas das linguagens cênicas e social. Partindo dos jogos de contato improvisação, os alunos ganham instrumentos para construção de cenas. Esse processo visa às etapas da construção dos exercícios cênicos que servirão de base para a apresentação de final.

 

 

Oficina Livre de Teatro (a partir de 14 anos)

A partir de 7 de março

Terças-feiras – noite – 19h às 21h30

Quartas-feiras – tarde – 14h às 16h30

Formulário para inscrições – https://forms.gle/CJ1vkfDyNJsc5hAN6

Sobre: concebe diversas maneiras de viver a realidade individual e coletiva de forma lúdica por meio das artes cênicas, criando um espaço de socialização, reflexão e respeito dos valores pessoais e da história de vida de cada aluno, promovendo o autoconhecimento, consciência corporal, troca de experiências no contexto de grupo e auxiliar na vivência mais consciente do próprio cotidiano através de jogos e exercícios cênicos baseados no método desenvolvido por Viola Spolin que estimulam a criatividade e a interpretação. Serão trabalhados jogos de improvisações, dramatização, exercícios corporais e vocais, criações de cena e personagens, e ao longo da oficina são criadas cenas teatrais que servirão de base para a apresentação de final de ano.

 

 

Breve histórico – A oficina, iniciativa de Vanessa Souza, teve início em 2014 com o objetivo de oferecer acesso à população da cidade e região um contato inicial ao universo das artes cênicas de forma gratuita. Após a pausa por conta da pandemia, as oficinas retornam este ano.

 

Sobre a professora – Em formação no curso de licenciatura de Artes Visuais, Vanessa iniciou suas atividades artísticas em 2003 como atriz pelo grupo Teatro do Kaos, de Cubatão, onde participou de espetáculos como: “O Guarani”; “Sonho de uma noite de verão”; “Romeu e Julieta”; atuou na montagem da peça Boca de Ouro e “A vida é sonho”, ambos pelo Grupo Pessoas e Projetos, apoiados pelo Projeto Ademar Guerra.

 

Ministrou oficina de iniciação teatral na Estação das Artes de 2007 a 2011 e oficina experimental no CAPS com portadores de sofrimento psíquico grave. No projeto/espetáculo “As Aventuras de Tito e Clara – o musical” com crianças e adolescente da comunidade de Cubatão onde além da oficina de interpretação também assinou a direção de elenco.  Cursou teatro musical na 4Act/SP.

 

Como atriz, seus trabalhos recentes foram no musical Vale Encantado de Oswaldo Montenegro dirigido por Deto Montenegro,  no Teatro Dias Gomes/SP; na montagem Zucco, do coletivo Uzina Utópica, dirigido por Douglas Lima; e na encenação Caminhos da independência pelo grupo Teatro do Kaos.

 

Atualmente é coordenadora e arte-educadora das Oficinas de Teatro Parque Anilinas e ministra oficina de interpretação cênica do núcleo infantil na encenação Paixão de Cristo.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

24 de janeiro de 2022

Candidatos convocados a guarda civil participam de curso de formação

Leia mais

24 de janeiro de 2022

Prefeitura abre vagas para estágio

Leia mais

24 de janeiro de 2022

Audrey Kleys faz lançamento beneficente do livro "Verdade com amor"

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.