Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

13 de dezembro de 2017

Segurança no trânsito

Cubatão celebra parceria com Governo do Estado

O superintendente da CMT dr. Jefferson Cansou, representou o prefeito Ademário em ato com o governador no Palácio dos Bandeirantes

Em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, o governador Geraldo Alckmin autorizou o município de Cubatão a fazer parceria com o Detran.SP e o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito – programa do Governo de São Paulo que visa reduzir pela metade o número de óbitos no Estado. Além de apoio técnico para criação de projetos, a parceria disponibilizará recursos financeiros para viabilizar melhorias viárias e ações de educação para o trânsito.

“Este é mais um passo importante na retomada da boa relação de Cubatão com o Estado. E este avanço vem no momento importante, em que começamos a operação para recuperar a malha viária da cidade. Cubatão vai avançar muito no próximo ano”, comemorou o superintendente da Companhia Municipal de Trânsito (CMT), Jefferson Cansou.

“Primeiro fechamos o protocolo com o município, para que defina as ações. Definidas as intervenções e o valor, aí fazemos o convênio e passamos o dinheiro”, disse Alckmin, explicando que o programa utiliza o dinheiro das multas. “Aquele que comete infração vai financiar a segurança no trânsito”, finalizou.

Outros 35 municípios assinaram o protocolo e 13 – que já iniciaram os planos de ações – assinaram os convênios que serão viabilizados por meio de R$ 21,1 milhões em recursos.

Entre as intervenções a serem realizadas nos municípios estão a construção de lombo-faixas, gradis de proteção, adequação e implantação de calçada, defensa metálica, faixa de pedestre, rampa de acessibilidade, sinalizações e instalação de fiscalização eletrônica.

Critérios – Entre os critérios para a escolha das cidades estão o número de habitantes e a proporção de óbitos causados por acidentes de trânsito. As fatalidades nos 36 novos municípios conveniados correspondem a 10% das ocorrências no Estado em 2017. A partir de agora, o Movimento Paulista passa a trabalhar em conjunto com 103 cidades, que abrigam 78% da população e registram 69% das fatalidades.

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito possui cinco frentes de atuação. Além dos convênios com municípios, que prevê a destinação de R$ 110,5 milhões provenientes de multas aplicadas pelo Detran.SP, mantém equipes de trabalho com foco em rodovias, ações de órgãos e secretarias de Governo, comunicação e sistema de dados.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

13 de dezembro de 2017

Conta de luz vai subir 16,4% para moradores da Região

Leia mais

13 de dezembro de 2017

Alesp aprova proposta que altera normas relacionadas ao funcionalismo público

Leia mais

13 de dezembro de 2017

Outubro Rosa: leis aprovadas na Alesp garantem prevenção ao câncer de mama

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.