Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

06 de julho de 2018

Hospital de Cubatão

Equipe salva vida de jovem de 21 anos vítima de doença grave e incomum

Em meados de maio, o jovem foi admitido no Hospital de Cubatão com um quadro de uma Síndrome Ictérica, demonstrando um sofrimento agudo e intenso no fígado. Foram feitas as hipóteses de Febre Amarela, Dengue, Chikungunya, Leptospirose ou Hepatites Virais. A equipe médica então solicitou os exames pertinentes e iniciaram-se o acompanhamento médico e da equipe de enfermagem, com medidas de suporte e vigilância laboratorial continuada.

Diante da grave evolução clínica e laboratorial foi feito o diagnóstico de hepatite fulminante. Imediatamente a equipe do Hospital de Cubatão fez o contato com o Hospital Albert Einstein (referência do SUS para esses casos) e no mesmo dia o paciente foi transferido, realizando com sucesso o transplante de fígado. Vale destacar o trabalho e o envolvimento da equipe de Enfermagem, pois em tempo recorde foi realizada toda a tramitação necessária para a efetiva, rápida e segura transferência do paciente.

Casos de sucesso como esse demonstram o quanto o Corpo Clínico e Técnico do Hospital de Cubatão é qualificado. Está apto para identificar e cuidar desde casos de alta complexidade assistencial até os mais corriqueiros. Além disso esse caso demonstra a capacidade de articulação do hospital com a rede SUS, resultando em assistência a saúde de excelência e, em última análise, salvando vidas. É certo que o destino do jovem J.M. seria outro não fosse a sinergia do time do Hospital de Cubatão.

Em relação à política de transplantes, o Hospital de Cubatão tem uma linha de cuidados completa. Desde a reabertura da unidade hospitalar, com a gestão da Fundação São Francisco Xavier,em poucos meses foram realizadas várias captações de órgãos, a inscrição de uma paciente em lista de transplante de fígado por hepatite crônica, e, o encaminhamento deste paciente para transplante de fígado. O procedimento foi um sucesso, estando paciente estável com previsão de alta em breve.

O desafio é que esse modelo dos transplantes seja reproduzido para outras patologias que demandam a mesma sinergia e resolutividade do SUS, como as doenças cardiovasculares.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

06 de julho de 2018

APRESENTAÇÃO

Leia mais

06 de julho de 2018

MELHOR ATENDIMENTO

Leia mais

06 de julho de 2018

NOVA MORADIA

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.