Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

06 de outubro de 2021

Outubro Rosa: leis aprovadas na Alesp garantem prevenção ao câncer de mama

 | Jornal Acontece

O câncer de mama é o tipo de tumor mais comum em mulheres no mundo. De acordo com a Iarc (Agência Internacional de Pesquisa em Câncer), a estimativa para 2021 é de que a doença faça cerca de 648 mil vítimas. No Brasil, o câncer de mama é o segundo tipo mais recorrente, ficando atrás apenas do câncer de pele. Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), em 2021 devem ser diagnosticados 66.280 casos de câncer de mama.

Esse tumor é mais comum em mulheres com mais de 50 anos, visto que 80% das pacientes estão acima dessa faixa etária. Portanto, o Ministério da Saúde recomenda que mulheres com idade entre 50 e 69 anos façam o exame de mamografia a cada dois anos.

É importante lembrar que a mamografia é o principal exame para a identificação da presença de nódulos e tumores na mama. Além da mamografia, ultrassonografias e ressonâncias magnéticas também ajudam no diagnóstico, que só é confirmado após a realização de uma biópsia. Segundo o HCor, o diagnóstico e o tratamento precoce da doença aumentam a chance de cura em 99%.

Além da idade, o câncer de mama está relacionado a outros fatores, como obesidade, tabagismo, consumo de bebidas alcóolicas, sedentarismo e fatores hormonais e hereditários. Portanto, ainda com base em estudos do Inca, cerca de 30% dos casos podem ser evitados com práticas de atividades físicas, manutenção do peso corporal adequado a estrutura física e o não consumo de álcool.

O Outubro Rosa foi criado na década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e se tornou um movimento internacional de combate ao câncer de mama. A campanha acontece anualmente com objetivo de intensificar a divulgação de informações de prevenção da doença, além ampliar a oferta de exames a fim de reduzir os óbitos.

Projetos Aprovados

São Paulo aderiu à campanha após a sanção da Lei 16.046/2015, que foi aprovada na Assembleia Legislativa de São Paulo. A iniciativa da ex-deputada Vanessa Damo incluiu o Outubro Rosa no calendário oficial do Estado.

Já por meio da Lei 16.760/2018, também aprovada na Alesp, o Executivo foi autorizado a implantar centros de alta resolutividade (Cares) para o diagnóstico de câncer de mama. Proposta através do Projeto de Lei 854/2016, de autoria do deputado Marcos Damasio (PL), a lei obriga a Secretaria da Saúde a disponibilizar uma estrutura especializada no diagnóstico do câncer de mama para, pelo menos, um hospital de cada macrorregião do Estado.

“Esse projeto vem muito a calhar nesse mês de outubro, que é um mês de conscientização sobre essa questão do câncer de mama, que nos preocupa muito. Levar nas mais diversas regiões de Estado esses centros de diagnóstico é muito necessário para a saúde da mulher, e, como autor do projeto, eu fico muito feliz de ter colaborado”, disse o deputado Marcos Damasio.

Proposta

Tramita na Assembleia legislativa de São Paulo um projeto que permite a realização de mamografias gratuitas para mulheres com mais de 50 anos, que poderão agendar o exame uma vez por ano, e para mulheres com mais de 40 anos que sejam pacientes de risco. No segundo caso, a periodicidade será decidida pelo médico especialista. A iniciativa é do deputado Cezar (PSDB), que alertou para a importância do diagnóstico precoce. “A prevenção salva vidas”, disse. O projeto está na Comissão de Constituição, Justiça e Redação e aguarda para ser apreciado.

Vale lembrar que, desde o dia 8/9, as “carretas da mamografia” promovidas pelo programa Mulheres do Peito, que se tornou permanente após a aprovação da Lei 15.689/2015, proposta pelo ex-deputado Orlando Morando e aprovada na Alesp, voltaram a circular pelo Estado. Mulheres com idade entre 50 e 69 podem agendar mamografias gratuitas através do telefone 0800-779-0000, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

06 de outubro de 2021

Alesp aprova projeto que estimula implantação da tecnologia 5G nos municípios

Leia mais

06 de outubro de 2021

Grupo de executivos cria rede solidária de combate à fome e ajuda comunidades

Leia mais

06 de outubro de 2021

Baixada em alerta de tempestade

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.