Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

22 de agosto de 2019

Parlamento Jovem

Alunos vão tomar posse na Câmara de Guarujá

 

O Parlamento Jovem em Guarujá entrou na fase final de preparação para a posse de 17 vereadores alunos da rede pública de ensino e que estão cursando o 9º ano do Ensino Fundamental. A escolha destes vereadores aconteceu por meio de votação e mobilizou mais de 2 mil alunos das escolas municipais de Guarujá e Vicente de Carvalho.

Projeto do presidente da Casa, vereador Edilson Dias, o Parlamento Jovem tem por finalidade possibilitar aos alunos de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático mediante participação em uma jornada parlamentar na Câmara de Vereadores, com diplomação e exercício de mandato. A Escola do Legislativo – ELG, dará todo apoio necessário para a realização do projeto.

Posse

Após a posse dos 17 vereadores do Parlamento Jovem e seus respectivos suplentes, que acontece na próxima terça-feira (27/08), às 19 horas, durante a sessão legislativa dos vereadores, será eleita a Mesa Diretora composta pelo Presidente, Vice-presidente e Primeiro-Secretário e todos os trabalhos realizados daí por diante contarão com apoio e assessoria do corpo técnico da Câmara Municipal de Guarujá. Ao tomarem posse, os vereadores do Parlamento Jovem prestarão o seguinte compromisso: “Prometo desempenhar fielmente o meu mandato, promovendo o bem geral do município dentro das normas constitucionais”.

Segundo o vereador Edilson Dias, autor do projeto, a iniciativa pretende oferecer aos estudantes uma experiência única de participação real das soluções dos problemas que os afetam em suas unidades de ensino, seus bairros e comunidades. “Queremos oferecer aos nossos estudantes o aprendizado sobre como resolver os conflitos e problemas de nossa Cidade através do diálogo e da Democracia, pilares que fundamentam o Poder Legislativo e valores tão necessários nos dias atuais, que devem ser cultivados desde cedo por todos nós”, disse.

O diferencial deste Parlamento Jovem, ainda segundo o vereador Edilson Dias, é que por permitir um mandato de um ano aos estudantes vereadores, estes terão tempo de ouvir as demandas de outros jovens e encaminhá-las através de projetos que poderão tornarem-se lei no município. “Ao pensarmos este projeto, optamos por um formato que permitisse a mobilização dos jovens nas escolas, a eleição de forma democrática, a posse e o empoderamento juvenil real desses jovens, ou seja, o Parlamento Jovem não é apenas um ‘ensaio’ de como funciona o Poder Legislativo, o Parlamento Jovem poderá de fato legislar em favor de nossos jovens de Guarujá e Vicente de Carvalho”, enfatizou.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

22 de agosto de 2019

Novo coronavírus

Leia mais

22 de agosto de 2019

Combate a Dengue

Leia mais

22 de agosto de 2019

Expediente em Cubatão

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.