Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

10 de abril de 2019

Prefeitos em Guarujá

Encontro visa o desenvolvimento do turismo na região metropolitana

A 2ª Reunião de chefes do Executivo da Associação das Prefeituras das Cidades Estância do Estado de São Paulo (Aprecesp), aconteceu no Casa Grande Hotel, em Guarujá no sábado, 06.

A reunião da entidade, que visa o desenvolvimento do turismo nas estâncias do Estado, teve a participação de mais de 40 representantes de cidades-estância, além do secretário-executivo de Turismo do estado de São Paulo, Marcelo Costa. Ele apresentou um balanço dos investimentos previstos para este ano e o cronograma de ações.

Para o anfitrião do encontro, prefeito de Guarujá, Válter Suman, a reunião foi muito produtiva. “Saímos daqui com uma ótima expectativa da relação com o Governo do Estado em descontingenciar os recursos do Dadetur que foram represados no início do ano, bem como honrar os compromissos de restos a pagar e os projetos para 2019. Guarujá tem um potencial maravilhoso e estamos trabalhando muito para valorizar cada vez mais o turismo, pois sabemos que o retorno de um turismo fortalecido é a geração de emprego, renda e oportunidade”.

O secretário de Turismo de Guarujá, Tadeu Ferreira, complementa que a presença de prefeitos e representantes de municípios na reunião de Guarujá foi acima da média para reuniões da Aprecesp. “Há seis anos a cidade não recebia um encontro da Aprecesp. O Turismo é uma indústria em ascensão na América Latina e Guarujá se firma como importante protagonista no assunto. É a Pérola do Atlântico voltando a brilhar”, disse.

Durante a reunião, o secretário-executivo de Turismo assinou aditamentos de obras de infraestrutura turística com municípios e apresentou a atual situação dos convênios entre Prefeituras e o Dadetur. Ele também falou sobre metas para os próximos meses, informando que os convênios com empenhos cancelados devem ser reapresentados para serem pagos; que as obras em andamento desde 2011 devem voltar a ser empenhadas; os convênios com mais de cinco anos e sem realizações devem ser cancelados; a Secretaria se compromete a articular o descontingenciamento do orçamento da pasta e a buscar novos recursos para cobrir o passivo de R$ 316 milhões em 2019 e os novos convênios devem continuar a ser apresentados normalmente.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

10 de abril de 2019

Novo coronavírus

Leia mais

10 de abril de 2019

Combate a Dengue

Leia mais

10 de abril de 2019

Expediente em Cubatão

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.