Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

21 de maio de 2018

Programa Bandeira Azul

Workshop reúne representantes de vários estados do país em Guarujá

O Programa é um selo de caráter socioambiental amplamente reconhecido em todo o mundo

O XI Workshop Nacional do Programa Bandeira Azul, que aconteceu em Guarujá, na última quinta e sexta-feira (17 e 18), reuniu mais de 40 representantes de vários estados do Brasil, entre os que já possuem a certificação e os que têm interesse em ingressar no processo. O workshop foi um espaço para discussões sobre o cenário atual das praias no Brasil e no mundo.

A abertura do evento contou com o pronunciamento de boas vindas aos participantes do Secretário de Meio Ambiente de Guarujá, Sidnei Aranha e do presidente do Instituto Ambientes em Rede, Ricardo Cerruti, que apresentou todos os programas da Foundation for Environmental Education – Fundação para Educação Ambiental (FEE).

Em seguida, Leana Bernardi, coordenadora nacional do Programa Bandeira Azul, falou sobre os requisitos necessários para a obtenção do selo internacional. “Ter a Bandeira Azul comprova que o município ou o empreendimento está comprometido com a preservação dos recursos naturais e promove a interação sustentável com o meio ambiente. Esse é o verdadeiro objetivo deste programa”, explicou.

No período da tarde, André Nunes, superintendente da Superintendência do Patrimônio da União (SPU), falou sobre a gestão costeira nas cidades litorâneas. O destaque da tarde foi a palestra da ambientóloga espanhola Paloma Arias, que trabalhou durante 20 anos na entidade que desenvolve o programa Bandeira Azul na Espanha, a Asociación de Educación Ambiental y del Consumidor. Paloma dedicou seu tempo à frente da bancada para falar sobre acessibilidade nas praias.

Já na manhã da sexta-feira (18), os participantes visitaram a Praia do Tombo, única Bandeira Azul no estado de São Paulo, para em uma mesa redonda, conversarem sobre gestão e manutenção do local, que além de sua beleza natural, possui um Núcleo de Informação e Educação Ambiental, responsável por toda a parte de informação e educação ambiental, e também pela conservação e fiscalização dos critérios a serem cumpridos para a manutenção do título.

O fechamento do workshop aconteceu após os participantes visitarem a Marinas Nacionais, que também é certificada com a Bandeira Azul. Após a visita, os representantes reuniram-se para conversarem sobre a gestão do empreendimento.

O secretário de Meio Ambiente, Sidnei Aranha, exaltou a importância de Guarujá sediar o evento. “A manutenção do Programa Bandeira Azul não é fácil, por isso é muito importante o workshop e foi um privilégio receber todos os gestores de turismo e meio ambiente do Brasil inteiro. Foi um prazer recebê-los aqui, e o nosso propósito é sempre melhorar cada vez mais!”, concluiu.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

21 de maio de 2018

Novo coronavírus

Leia mais

21 de maio de 2018

Combate a Dengue

Leia mais

21 de maio de 2018

Expediente em Cubatão

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.