Fale com a gente

|

Tempo

Compra: R$

Venda: R$

30 de novembro de 2018

São Vicente

Clínica Fares investe R$ 20 milhões em sua primeira unidade na Baixada Santista

Nova clínica está localizada em São Vicente e fomentará parcerias com hospitais e médicos da região.

No ano em que comemora 30 anos de existência, a Clínica Fares inaugura no próximo dia 04 mais uma unidade, o investimento feito na nova unidade é avaliado em R$ 20 milhões. A unidade fica em São Vicentena, localizada na Rua Quinze de Novembro, o espaço tem 2,5 mil m² e contará com quatro andares, 35 consultórios, 56 especialidades médicas, dez exames do tipo laboratorial e nove do tipo imagem e um centro cirúrgico para cirurgias de baixa complexidade.

Diferentemente de outras clinicas do ramo, além de consultas e exames a Fares também oferece cirurgias. “Em São Paulo temos parceria com grandes hospitais, alocamos centros cirúrgicos nos momentos em que estão vagos e realizamos junto com nossa equipe médica cirurgias de alta complexidade”, explica Marcelo Abrahão, CEO da Clínica Fares.

A inauguração na Baixada Santista também trará movimentação na área médica, pois a Clínica Fares também buscará novos parceiros para alocar os centros cirúrgicos para operações de alta complexidade e o corpo clínico da unidade será formado por médicos de toda a Baixada Santista.  

Desde sua fundação, a Clínica Fares atua com medicina humanizada e acessível. Os médicos são treinados e capacitados diariamente para estimular não só a perspectiva técnica da medicina, mas também a valorização da relação médico e paciente. “Enxergar o paciente, ter uma resolução rápida perante a angústia dele e ser preventivo é o que faz a diferença na medicina. É isso o que a Fares busca: fazer a diferença para todos”, explica Marcelo.    

Em 2018, contando todas as unidades, a clínica recebeu mais de 500 mil pessoas. Com quatro clínicas em funcionamento, a Fares possui um corpo clínico composto por 450 médicos associados, 340 salas de consultórios e exames e mais de 400 colaboradores.  A expectativa para 2019 é chegar a um milhão e meio de pacientes atendidos.

Sobre a Clínica Fares

Clínica Fares foi fundada em 1988 pelo médico cardiologista e geriatra Adiel Fares. Sua primeira unidade foi inaugurada na Vila Nova Cachoeirinha, em São Paulo, e até hoje é uma dos mais bem sucedidos centros médicos da região. Hoje a estrutura da Fares comporta cinco unidades: Vila Nova Cachoeirinha; Santo Amaro (ambas na cidade de São Paulo), Osasco, Penha e São Vicente. A rede é, dentro do segmento, a única clínica médica com estrutura de hospital, onde é possível realizar, além de consultas e exames, também pequenas cirurgias. O Centro de Reabilitação e Fisioterapia é considerado o 8º maior do mundo.

Clínica Fares investe R$ 20 milhões em sua primeira unidade na Baixada Santista

                                                 Nova clínica está localizada em São Vicente e fomentará parcerias com grandes hospitais e médicos da região.

 

 

No ano em que comemora 30 anos de existência, a Clínica Fares inaugura mais uma unidade, desta vez na Baixada Santista, em São Vicente, no próximo dia 04 de dezembro. 

O investimento feito na nova unidade é avaliado em R$ 20 milhões. Localizada na Rua Quinze de Novembro, o espaço tem 2,5 mil m2 e contará com quatro andares, 35 consultórios, 56 especialidades médicas, dez exames do tipo laboratorial e nove do tipo imagem e um centro cirúrgico para cirurgias de baixa complexidade.

Diferentemente de outras clinicas do ramo, além de consultas e exames a Fares também oferece cirurgias. “Em São Paulo temos parceria com grandes hospitais, alocamos centros cirúrgicos nos momentos em que estão vagos e realizamos junto com nossa equipe médica cirurgias de alta complexidade”, explica Marcelo Abrahão, CEO da Clínica Fares.

A rede atua como um polo médico, oferecendo tratamento completo aos pacientes, e trabalha disponibilizando alto volume de horas clínicas aos pacientes. Esse formato de gestão é muito utilizado em grandes hospitais e em clínicas renomadas no exterior. O termo “horas clínicas”significa o tempo que o médico está disponível para atendimento, por isso, é muito comum encontrar nas unidades da rede mais de dois médicos da mesma especialidade e médicos que passam a maior parte de seu expediente na clínica.

De acordo com a Fares, o alto volume de horas clínicas disponíveis no mesmo local permite ao paciente agilidade na hora de agendar a consulta, pois ele terá uma maior disponibilidade de horários à sua disposição. A estimativa é que os pacientes sempre consigam consultas em 24 horas após o primeiro contato.

Além da infraestrutura diferenciada, o polo médico também atua de forma integrada. Nele é comum que médicos da mesma especialidade possam falar a respeito de pesquisas e troquem experiências para obter um diagnóstico mais preciso.

 “Para nós, a variável do tempo é muito importante. O paciente quando vem até à Fares, tem pressa, pois quer saber qual é o seu problema. Por isso, oferecemos a consulta, diagnóstico e solução no menor tempo possível”, enfatiza o CEO.

A urgência da resolução é originada do principal pilar da rede, a humanização.   O conceito de atendimento é inspirado na filosofia do médico norte-americano e palhaço Dr. Hunter Doherty, conhecido como “Patch Adams”, que já esteve nas unidades da rede.

Desde sua fundação, a Clínica Fares atua com medicina humanizada e acessível. Os médicos são treinados e capacitados diariamente para estimular não só a perspectiva técnica da medicina, mas também a valorização da relação médico e paciente.

“Enxergar o paciente, ter uma resolução rápida perante a angústia dele e ser preventivo é o que faz a diferença na medicina. É isso o que a Fares busca: fazer a diferença para todos”, explica Marcelo Abrahão.     

A inauguração na Baixada Santista também trará movimentação na área médica, pois a Clínica Fares também buscará novos parceiros para alocar os centros cirúrgicos para operações de alta complexidade e o corpo clínico da unidade será formado por médicos de toda a Baixada Santista.  

 “Nossa projeção é que, em até dois anos, o número de médicos fique em torno de 150 profissionais. Mapeamos a região e vimos que não existe algo semelhante ao que a Fares oferece e isso nos motiva ainda mais”, diz o CEO.

Em 2018, contando todas as unidades, a clínica recebeu mais de 500 mil pessoas. Com quatro clínicas em funcionamento, a Fares possui um corpo clínico composto por 450 médicos associados, 340 salas de consultórios e exames e mais de 400 colaboradores.  Ainda em 2018, a rede atendeu um milhão de pessoas e com a nova unidade, a expectativa para 2019 é chegar a um milhão e meio de pacientes atendidos.

Sobre a Clínica Fares

Clínica Fares foi fundada em 1988 pelo médico cardiologista e geriatra Adiel Fares. Sua primeira unidade foi inaugurada na Vila Nova Cachoeirinha, em São Paulo, e até hoje é uma dos mais bem sucedidos centros médicos da região.

Hoje a estrutura da Fares comporta cinco unidades: Vila Nova Cachoeirinha; Santo Amaro (ambas na cidade de São Paulo), Osasco, Penha e São Vicente. A rede é, dentro do segmento, a única clínica médica com estrutura de hospital, onde é possível realizar, além de consultas e exames, também pequenas cirurgias.  

O grande diferencial do empreendimento clínico é o atendimento humanizado e o fato de a rede reunir quase todas as especialidades médicas em um único local (polos médicos). 

Hoje a rede Clínica Fares comporta mais de 340 salas de consultórios e exames, 450 médicos associados e 400 colaboradores nas cinco unidades, com uma estrutura até 17 vezes maior que a de outros polos médicos. O Centro de Reabilitação e Fisioterapia é considerado o 8º maior do mundo.

Publicidade
Publicidade
NOTÍCIAS RELACIONADAS

30 de novembro de 2018

APRESENTAÇÃO

Leia mais

30 de novembro de 2018

MELHOR ATENDIMENTO

Leia mais

30 de novembro de 2018

NOVA MORADIA

Leia mais
Publicidade
Publicidade
Desenvolvido por KBRTEC

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Cookies e os nossos Termos de Uso.